Internacional vence Goiás em jogo polêmico e se mantém vivo na luta pelo título

Esmeraldino teve gol estranhamente anulado por Heber Roberto Lopes quando a partida estava 0 a 0; Pottker fez dois e garantiu vitória colorada

Internacional vence Goiás em jogo polêmico e se mantém vivo na luta pelo título
Foto: Ricardo Duarte/SC Internacional
Goiás
0 2
Internacional
Goiás: Marcelo Rangel; Pedro Bambu, Fabio Sanches (David Duarte), Alex Alves e Carlinhos; Vitor Bolt (Saavedra), Elyeser (Andrézinho) e Léo Sena; Carlos Eduardo, Gustavo e Nathan. Técnico: Hélio dos Anjos.
Internacional: Danilo Fernanda; Cláudio Winck, Thales, Vitor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson e D’Alessandro; William Pottker (Nico López), Eduardo Sasha (Camilo) e Leandro Damião (Charles). Técnico: Odair Hellmann
Placar: 0-1, William Pottker. 0-2, William Pottker.
ÁRBITRO: Heber Roberto Lopes auxiliado por Helton Nunes e Thiago Labes.
INCIDENCIAS: PARTIDA VÁLIDA PELA 37ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE B, REALIZADA NO ESTÁDIO SERRA DOURADA.

O Goiás recebeu o Internacional no estádio Serra Dourada na tarde deste sábado (18). Em um jogo marcado por polêmica na arbitragem, o clube gaúcho saiu com a vitória por 2 a 0. A discussão ficou por conta de um gol mal anulado por Heber Roberto Lopes, que seria o primeiro da partida, marcado pelo time da casa. Após a partida, foi esclarecido que o árbitro da Federação Catarinense anulou o tento pois havia apitado de forma equivocada, o que fez com que a defesa colorada parasse. 

Com a derrota, o Goiás ficou com 44 pontos, na 15ª colocação. Já o Internacional, somou mais três pontos e chegou a 68, e segue na briga pelo título  da Série B. Faltando uma rodada para o fim da competição, o Colorado tem dois pontos a menos que o líder América-MG.

Na última rodada da Série B, o Internacional recebe o Guarani, enquanto o Goiás visita o Oeste. As partidas estão marcadas para o sábado (25), às 17h30 (horário de Brasília).

Primeiro tempo com chances, mas sem gols

O Goiás começou a partida assustando a defesa do Internacional com Natan, que cortou a marcação e mandou por cima do gol de Danilo Fernandes. Na sequência as equipes passaram a se estudar, ambas buscavam espaços para trocar passes e ir ao ataque quando tinham a posse de bola.

Aos 10 minutos, o Goiás avançou pela esquerda: Natan foi até o fundo de campo e cruzou na área, Gustavo chegou atrasado e não conseguiu tocar na bola. A resposta colorada veio na sequência, D’Alessandro cobrou falta cruzando na área, Rodrigo Dourado apareceu, mas a zaga conseguiu fazer o corte antes da chegada do colorado.

As equipes continuavam alternando a posse de bola, trabalhando no meio de campo. Aos 14, Thales puxou Gustavo perto da meia lua de área e o arbitro marcou falta. Pedro Bambu foi para a cobrança e soltou uma bomba, que sem muita direção passou por cima do gol. Em seguida, Winck perdeu a bola para Gustavo, que tocou para Natan tabelar com Léo Sena. A bola foi muito adiantada, facilitando para Danilo Fernandes abafar, em mais uma tentativa da equipe da casa.

O Inter, que ainda não havia levado perigo, passou a se recuperar na partida. Aos 21,Leandro Damião dividiu com Vitor Bolt e conseguiu lançar para Eduardo Sasha, que estava invadido a área para finalizar quando o árbitro parou a jogada, marcando falta de Damião. Aos 23, após cobrança de escanteio de D’Alessandro, Rodrigo Dourado subiu e desviou de cabeça, mandando ao lado do gol de Marcelo Rangel.

Passada a metade da primeira etapa, o Internacional trocava passes no meio de campo, mas tinha dificuldade para ir ao ataque. O Goiás, por sua vez, quando tinha posse de bola avançava na tentativa de furar o bloqueio colorado. Aos 29, Léo Sena cruzou da direita e Gustavo antecipou a marcação, mas desviou para fora.

Aos 31, o Colorado teve sua primeira chance de perigo. Leandro Damião cruzou e D’Alessandro pegou forte de primeira, obrigando Marcelo Rangel fazer grande defesa. Com melhor desempenho em campo, o time gaúcho chegou novamente com o argentino, que finalizou pela direita. A bola desviou no caminho e quase enganou o goleiro. Antes de encerrar a primeira etapa o Inter ainda colocou a bola no gol, com Thales, mas foi marcado falta de Cuesta no lance.

Goiás tem gol estranhamente anulado e Pottker decide

O Goiás começou a segunda etapa trocando passes para chegar ao ataque, o que logo resultou em gol da equipe. Vitor Bolt lançou de primeira para Carlinhos, que enxergou Gustavo, o atacante só teve o trabalho de empurrar para o gol. Após a comemoração, uma confusão se formou em torno do árbitro, que acabou anulando equivocadamente o gol.

A equipe da casa permaneceu com o controle da partida, principalmente pelo meio. Aos 9 minutos, Léo Sena deu excelente passe para Eduardo, que disparou em velocidade, ganhando da defesa colorada e ficando de cara para Danilo Fernandes, que saiu para defender.

Apesar do Goiás ter o domínio até então, foi o Internacional que abriu o placar. D’Alessandro cruzou por cima para Camilo que, também pelo alto, cruzou para Pottker, que mandou de peixinho para o fundo gol. Para a alegria colorada, alguns minutos depois, aos 19, o mesmo atacante ampliou, outra vez em jogada com Camilo, que lançou pelo meio para Pottker invadir a área e mandar para a rede.

O Inter voltou a melhorar no jogo, tendo maior posse para trabalhar a bola. O Goiás, que visivelmente havia sentido os gols sofridos e recuado em campo, voltar a ficar ligado na partida. Aos 29 minutos, Carlos Eduardo recebeu de Andrezinho e lançou para Gustavo, que acabou cabeceando para fora. Em seguida, novamente Carlos Eduardo fez cruzamento, e dessa vez Saavedra mandou de primeira para fora.

Indo para os minutos finais, a partida voltou a ter maior equilíbrio. Ambas as equipes voltaram a buscar oportunidades de gol. Em contra-ataque, Leandro Damião lançou Edenílson, que avançou e bateu em cima de Marcelo Rangel. O Goiás, que buscava diminuir a diferença no placar, respondeu com Carlos Eduardo, que após furada de Thales, aproveitou a sobra e finalizou em cima de Uendel, no rebote Léo Sena mandou por cima do gol. O jogo acabou com vitória colorada.