Internacional avalia situação dos muitos jogadores emprestados

Desde rebaixamento, Colorado negociou diversos jogadores por empréstimo e avalia possibilidades de volta ou extensão das negociações com clubes

Internacional avalia situação dos muitos jogadores emprestados
Valdívia está com o Atlético Mineiro na temporada (Foto: Ricardo Duarte / Internacional)

Desde que iniciou a temporada 2017 o Internacional reformulou seu elenco para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Entre chegadas e saídas o clube gaúcho negociou o empréstimo de mais de 30 jogadores. A maioria deles saíram do clube. Com a temporada perto do fim o termino de empréstimos desses atletas também está se encerrando. Colorado agora busca avaliar a situação dos jogadores para não ficar com um plantel muito grande em 2018

O Internacional está monitorando a situação de alguns atletas para ver quem pode ser aproveitado pelo clube em 2018. Mesmo sem ter realizado uma grande temporada, o meia Seijas, emprestado para a Chapecoense, deve ter espaço no time no próximo ano. O meia Venezuelano chegou no Beira-Rio em 2016, sendo uma das apostas do clube para substituir D’Alessandro.

Outro jogador que tem a situação acompanhada de perto é o meia Valdívia, emprestado ao Atlético-MG. O Internacional pretende trazer o jogador de volta para a próxima temporada. Valdívia é alternativa para dar mais velocidade ao meio campo do time.

Embora marcado pelo inédito rebaixamento do clube para a segunda divisão, o zagueiro Paulão também está na pauta da direção Colorada para 2018. O zagueiro tem vinculo com o clube até o final de 2019 e atualmente está por empréstimo no Vasco da Gama. O clube carioca poder exercer o direito de compra do atleta após o término do empréstimo, que vai até o final de 2017.

Andrigo, eterna promessa do clube, está emprestado ao Atlético-GO até o final desta temporada. O clube Goiano já está matematicamente rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro e não pretende manter o jogador para a próxima temporada. Andrigo deverá retornar ao Inter e ganhar nova chance no clube. A direção Colorada também não descarta uma nova negociação envolvendo o jogador. Também estão emprestados ao Atlético-GO o volante Silva e o zagueiro Eduardo. Com a baixa de zagueiros no clube gaúcho, Eduardo pode ganhar nova oportunidade em 2018.

Um dos maiores problemas do Internacional para o próximo ano é o caso do meia Anderson, emprestado ao Coritiba. O jogador chegou ao clube com desconfiança da torcida pois não apresentava um bom futebol e por conta do alto salário. A negociação com Anderson aconteceu ainda na gestão de Vitorio Piffero. Ao que tudo indica o Inter pode acabar negociando o jogador para cortar custos.

O volante Fernando Bob e o lateral-esquerdo Arthur foram emprestados para a Ponte Preta até o final da temporada. Com a possível saída de Felipe Gutierréz, Bob pode ser aproveitado no elenco. O Inter ainda vive o dilema nas laterais. Desde a saída de Kléber, em 2013, nenhum lateral conseguiu se firmar na posição.

O zagueiro Alan Costa e o lateral-esquerdo Gefferson também estão marcados de forma negativa pela torcida Colorada. A dupla está emprestada ao Vitória e devem retornar para Porto Alegre no fim do Brasileirão. É pouco provável que os dois consigam se firmar no clube em 2018. Mesma situação do Volante Anselmo e do meia-atacante Marquinhos, emprestados ao Sport Recife.

O zagueiro Réver, que foi emprestado pelo Internacional ao Flamengo, acertou a extensão de contrato com o time carioca até o final de 2019. Réver conseguiu se firmar no clube e hoje é o capitão da equipe.

Demais jogadores que estão emprestados pelo Inter:

Goleiro: Jackson (Santa Cruz);

Laterais: Paulo César Magalhães (Criciúma) e Alan Ruschel (Chepecoense).

Volantes: Bertotto (Ferroviária de Araraquara), João Afonso (Brasil de Pelotas) e Eduardo Henrique (Atlético-PR).

Meias: Alex Santana (Paraná) e Gustavo Ferrareis (Bahia).

Atacantes: Bruno Baio (Criciúma), Mike (América-MG) Taiberson (Juventude), Aylon (Goiás), Bruno Gomes (Estoril-POR), Alisson Farias (Estoril-POR) e Martín Luque (Alcorón-ESP).

Entre os jogadores que o Internacional trouxe por empréstimo o clube tem interesse em manter alguns. O primeiro é o volante Edenílson. O jogador pertence ao Genoa-ITA e o clube já entrou em contato com a atual equipe para ter o passe do jogador. Ao que tudo indica a negociação deve ocorrer. O zagueiro Klaus acertou sua negociação com o clube. Internacional e Juventude entraram em acordo e o time de Porto Alegre terá 60% dos direitos do atleta. Saiba mais sobre a negociação de Klaus aqui.

O meia Camilo, que veio por empréstimo do Botafogo, fica no clube até 2020. O centroavante Brenner, que pertence ao time gaúcho foi envolvido no negócio fica no clube carioca até dezembro de 2018.

A situação mais complicada é a do centroavante Leandro Damião. O atleta tem vínculo com o Santos  até o final de 2018. O Santos está buscando negociar o jogador com outra equipe, assim fica mais difícil a permanência dele no Colorado. Prevendo a perda do jogador, o Internacional negocia a vinda do centroavante Roger, do Botafogo.