Após derrota para Chape na partida de ida da final, Hemerson Maria afirma: "Nada está perdido"

Derrota do Joinville em casa por 1 a 0, obriga equipe tricolor a vencer por dois gols de diferença em Chapecó para ser campeão

Após derrota para Chape na partida de ida da final, Hemerson Maria afirma: "Nada está perdido"
"O forte da nossa equipe é o coletivo" Comentou o técnico do Joinville. (Foto: Divulgação/Joinville EC)

Na tarde de hoje (1º), o Joinville enfrentou em casa a Chapecoense, na partida de ida da final do Campeonato Catarinense. O JEC entrou em campo tentando reverter o quadro que era favorável ao visitante, mas acabou saindo da Arena em situação pior, com a derrota por 1 a 0.

Segundo Hemerson Maria, comandante do JEC, o time conseguiu envolver, criou e terá a capacidade para conquistar o resultado positivo no confronto de ida, em Chapecó. O técnico elegiou os jogadores e ressaltou que apesar das dificuldades, a equipe está confiante.

"Não está perdido. No primeiro momento é elevar a autoestima dos jogadores. Esse mesmo grupo que perdeu o primeiro jogo da final, que perdeu os primeiros 90 minutos, foi o grupo que trouxe o Joinville até aqui. Até ontem era exaltado, mas faz parte do futebol. Jogamos contra uma grande equipe, eu senti orgulho do meu grupo. Foi falado, e eu fui umas das pessoas que antes de assumir o Joinville, falei que a Chapecoense teria possibilidade de conquistar o título. E nós fizemos a Chapecoense jogar nos nossos erros hoje, ela não assumiu, ela não propôs o jogo, esperávamos por isso."

Além disso, Maria destacou as dificuldades encontradas no duelo e elogiou a Chapecoense. "Nós cometemos alguns erros, e o jogo vai ser decidido no detalhe. Antes da Chapecoense fazer o gol, nós poderíamos ter feito o gol também, faltou um pouco mais de capricho no último passe, um pouco mais de ter aquele capricho na hora de finalizar, de cruzar. Não vejo que o Joinville fez um jogo ruim, não fizemos um jogo ruim, jogo de decisão é assim, amarrado, e a Chapecoense levou a melhor. Parabéns ao Guto, ao Héber, que fez uma excelente arbitragem, não tem nada que questionar. Agora é trabalhar. Não vou dormir tranquilo, eu não gosto de perder nada, nada, esse é o mesmo espírito do grupo do Joinville, mas amanhã temos que buscar os nossos objetivos."

O Campeonato Catarinense se encerará no domingo (8). O vencedor do torneio será conhecido na Arena Condá, o Oeste de Santa Catarina. Para conquistar o título, o Joinville precisa vencer por dois gols de diferença. Antes, na quarta-feira (4), às 19h30 o Joinville joga em casa pela Copa do Brasil contra o Comercial-MS. A partida de ida terminou empatada em 1 a 1 no Mato Grosso do Sul.