Naldo minimiza derrota do Joinville e dá méritos ao Paysandu: "Impôs um ritmo pesado"

No duelo de equipes que pretendiam se afastar da zona de rebaixamento, o JEC foi derrotado com falha crucial no início do confronto

Naldo minimiza derrota do Joinville e dá méritos ao Paysandu: "Impôs um ritmo pesado"
Naldo minimizou derrota e deu ênfase para um bom ritmo de jogo implantado pelo adversário (Foto:Divulgação/Joinville)

O Joinville decepcionou mais uma vez. O time catarinense não jogou bem no Estádio da Curuzu, em Belém/PA, e carregou mais uma derrota. Além disso, a proximidade da zona de rebaixamento assusta o time. Com a derrota para o Paysandu por 1 a 0, o JEC precisa da vitória o quanto antes nas rodadas seguintes para mudar o incômodo panorama.

Com uma falha incrível da defesa logo no início da partida, o Tricolor viu o primeiro e único gol do adversário ser desenhado. No primeiro minuto, Jhonnatan assinalou o tento do clube paraense. Durante os 90 minutos, o Coelho não conseguiu reagir e a falha no primeiro lance da partida culminou em derrota e nenhum ponto na bagagem.

O volante Naldo minimizou a derrota diante do Paysandu, pois para ele a equipe adversária soube se impor e manusear muito bem tanto o resultado como a partida, essencialmente no primeiro tempo.  "A equipe adversária impôs um ritmo pesado no início, pressionou, foi um jogo muito difícil", declarou.

O Joinville foi prejudicado por seu próprio setor ofensivo, o qual a muito tempo não mostra grandes feitos para o time. E, por conta dessa má fase desta tão importante parte do time, o placar não pôde ser alterado e o duelo de equipes que almejavam se afastar da zona da degola teve um vencedor, o Papão da Curuzu.

A situação ficou ainda pior porque a derrota deixou os catarinenses na zona de rebaixamento devido ao triunfo do Goiás diante do Bragantino. Agora, o Joinville ocupa a 17ª posição, com 11 pontos somados no Campeonato Brasileiro da Série B 2016.

O clube busca a redenção na próxima rodada, quando mede forças contra o Paraná Clube, às 16 horas deste sábado (25), no Estádio Durival de Britto, a Vila Capanema, em Curitiba/PR.