Carlos Alberto marca duas vezes e Joinville vence Sampaio Corrêa na estreia de Lisca

Meia é grande nome do jogo com dois tentos e técnico tem estreia dos sonhos para aliviar situação da equipe na competição

Carlos Alberto marca duas vezes e Joinville vence Sampaio Corrêa na estreia de Lisca
Foto: Divulgação/Joinville
Joinville
2 0
Sampaio Corrêa
Joinville: Aranha; Reginaldo, Rafael Donato, Ligger, Diego; Matheus Bertotto, Diones (Thomás, min. 20) (Murillo, min. 84), Naldo, Everton Silva (Cléo Silva, min. 46), Carlos Alberto e Heliardo. Técnico: Lisca
Sampaio Corrêa: Rodrigo Ramos; Éder Sciola, Luiz Otávio, Wágner,Renan Luís; Felipe Baiano, Renan Ribeiro (Paulo Marcelo, min. 91), Lucas Sotero; Elias, Pimentinha (Rayllan, min. 73) e Edgar (Jean Carlos, min. 87). Técnico: Wagner Lopes
Placar: 1-0, min. 11, Carlos Alberto. 2-0, min. 42, Carlos Alberto
ÁRBITRO: Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ) Cartões Amarelos: Joinville: Carlos Alberto (min. 31), Matheus Bertotto (min. 36), Diego (min. 75) Sampaio Corrêa: Felipe Baiano (min. 63)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B 2016

Nesse sábado (09), a Arena Joinville foi o local do enfrentamento entre Joinville e Sampaio Corrêa pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B 2016. E numa partida claramente dominada pelo time da casa que construiu o placar no primeiro tempo com dois gols de Carlos Alberto para vencer por dois a zero.

Com a vitória, o time de Santa Catarina chegou aos 14 pontos e foi para a 18ª colocação ainda ocupando a zona de rebaixamento. Já o Sampaio parou nos 10 pontos e segue na lanterna da competição há cinco pontos do primeiro fora do descenso.

Na próxima rodada o conjunto maranhense recebe o Bahia na sexta (15) às 21h30 no Castelão, já o Joinville visita o Bragantino no Nabil Abi Chedid, no dia seguinte (16) às 21h.

Joinville pressiona no primeiro tempo, já Sampaio incomoda com Pimentinha

A primeira chance do confronto foi dos donos da casa logo aos três minutos com Carlos Alberto invadindo a área e batendo cruzado forçando que Rodrigo Ramos defendesse em dois tempos. Com 11 minutos o placar foi aberto pelo JEC com Carlos Alberto que aproveitou o desvio da zaga visitante e arrematou com força no canto para vencer o arqueiro rival.

Aos 15 minutos, mais uma chance do time da casa. Em boa trama ofensiva, Diones tocou pro meio, onde estava Heliardo, que, de frente pro gol, mandou por cima, desperdiçando chance incrível. Dois minutos depois, veio a resposta nordestina que após cobrança de lateral, a pelota sobrou para Pimentinha, que arrematou no ângulo de Aranha que operou grande defesa para evitar o empate.

Depois disso houve uma queda de intensidade do time da casa, que passou a ter problemas para marcar Pimentinha no lado esquerdo da defesa do JEC, aos 27 o atacante fez boa jogada individual e mandou pro meio para Lucas Sotero que acabou mandando pra fora.

Após alguns minutos de poucas chances, aos 42 minutos o time da casa dobrou a contagem com Carlos Alberto que aproveitou boa jogada de Reginaldo que cruzou pro meio e a bola sobrou no meia que completou bem pra meta rival fazendo 2 a 0 no placar no momento do intervalo.

Joinville administra o placar e leva os três pontos

Após a parada, a segunda etapa teve o time da casa assumindo uma postura de esperar mais na intermediária defensiva e trocando passes no meio campo, enquanto os visitantes tentavam articular jogadas no campo ofensivo e incomodar nas bolas paradas. E assim, na primeira parte do período, o Joinville conseguiu controlar melhor a marcação nos lados do campo e conseguia algumas escapadas com Thomás.

Por parte do time maranhense, quem tentava por vezes atacar ou em jogadas individuais tentar criar espaço era Lucas Sotero que sozinho não conseguiu criar jogadas de perigo. Aos 38 minutos, o atacante criou boa oportunidade e cruzou pro meio para Elias, que cabeceou ao lado da meta. Essa foi a última chance antes do fim do jogo, que terminou mesmo em 2 a 0 ao Joinville.