Lisca aponta erros no empate contra Náutico: "Fomos muito incompetentes na definição"

Para o treinador, a falta de efetividade e a queda de volume durante a partida foram fatores determinantes no resultado

Lisca aponta erros no empate contra Náutico: "Fomos muito incompetentes na definição"
Lisca lamenta falta de efetividade de seus comandados em confronto contra o Náutico (Foto:Divulgação/JEC)

Em um confronto marcado pelo desperdício, Joinville e Náutico duelaram pela 25° rodada do Brasileirão Série B. Embora ambas as equipes tenham criado muitas chances à gol, a falta de efetividade foi o fator determinante do placar em 0 a 0, garantido na Arena Joinville

O JEC entrou focado e, estando ciente de sua situação no campeonato, buscou com muita determinação a vitória, a qual a exatamente quatro partidas insiste em fugir. O tricolor catarinense comandado por Lisca se encontra na vice lanterna, com apenas 24 pontos somados no certame.

Com o término da partida, Lisca deu ênfase para a falta de competência de seus comandados na hora de marcar, pois, para o treinador, a efetividade fez muita falta em um jogo marcado por grandes lances. O mesmo ainda falou a cerca da equipe adversária que, segundo ele, tem uma estrutura de jogo um tanto chata, afinal costumam se aplicar bastante no quesito contra-ataque. 

"Hoje, mais do que nos outros jogos, que já vínhamos com esse problema, fomos incompetentes na hora de fazer o gol, na hora de empurrar a bola pra dentro. Tivemos chances, não tivemos competência para botar a bola pra dentro. É um adversário chato que veio para contra-atacar jogando no nosso erro", avaliou.

O mesmo complementou sua tese avaliando uma queda de volume durante a partida, destacando uma pressão exercida pela torcida e uma ansiedade desnecessária por parte de seus atletas.Treinador ainda comentou as "bobeiras"  de seus atacantes e desorganização total de seus defensores.

"Vamos perdendo volume, a torcida fica ansiosa o time fica ansioso, principalmente nos últimos 15 minutos. Ficou dois blocos: ataque e defesa. Tentamos todas as situações, mas não tivemos competência de abrir o placar e tranquilizar. Começamos o jogo com uma chance clara, mas, hoje, temos que assumir que fomos incompetentes na hora de ganhar o jogo. E ainda quase perdemos a partida em um erro nosso. Fomos muito incompetentes na hora de definir", finalizou.

Na próxima rodada, o Joinville irá até o estádio São Januário, onde enfrentará o Vasco, pela 26° rodada da competição. O embate está marcado para esta sexta-feira(16), às 21h30min.