Joinville goleia Vitória da Conquista-BA e estreia bem na Copa SP de Futebol Júnior

Tricolor aplica um sonoro 5 a 0 na equipe baiana; na outra partida, Paulista vence o RB Brasil por 1 a 0

Joinville goleia Vitória da Conquista-BA e estreia bem na Copa SP de Futebol Júnior
Joinville
5 0
Vitória da Conquista-BA
Joinville: Felipe Leiniker; Alan, Jeferson, Coltro e Gustavo (Kauê); Júnior Sutil, Formiga (Michael Douglas) e Eduardo Person (Rodrigo Cercal); Janderson (Renan Torquato), Marlyson (Bruno Feliciano) e Madson.
Vitória da Conquista-BA: Abilio; Ronilson, Felipe Santana, Felipe e Vinicius; Ronaldo, Ygor e Clayton; Jean, Delber e Eder Amorin.
Placar: 1-0, min. 10, Marlyson. 2-0, min. 57, Janderson. 3-0, min. 59, Marlyson. 4-0, min. 61, Eduardo Person. 5-0, min. 71, Renan Torquato.
INCIDENCIAS: 1ª rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior, jogo válido pelo grupo 11. O jogo ocorreu no estádio Jayme Cintra.

Começou a Copa São Paulo de Futebol Júnior 2017 para o Joinville e a estreia foi a melhor possível. Com uma goleada sobre o Vitória da Conquista-BA de 5 a 0, os garotos do tricolor mostram vão incomodar nessa edição da Copinha.

Dos cinco gols marcados, quatro foram anotados na segunda etapa e apenas um na primeira, o que prova que o Joinville soube usufruir do cansaço apresentado pelo clube baiano, que ainda teve um jogador expulso.

A segunda rodada do grupo 11 ocorre na próxima quinta-feira (5), quando o Vitória da Conquista enfrenta o Paulista e o JEC encara o Red Bull Brasil logo em seguida. O tricolor pode terminar a rodada com a classificação praticamente assegurada, para isso, basta vencer a sua partida e torcer por um tropeço do Paulista de Jundiaí. 

JEC abre placar cedo e aproveita ataques rápidos

O placar foi aberto logo aos 10 minutos com Marlyson, que viria a fazer outro gol aos 14 minutos do segundo tempo. Os outros foram marcados por Janderson (de pênalti), Eduardo Person e Renan Torquato.

O fator a ser destacados dessa partida é o rápido tridente ofensivo do Joinville, que quando partia no contragolpe ou formava um bom ataque, levava perigo a defesa adversária. Outra coisa é a boa organização de jogo, com um meio-campo consciente daquilo que fazia.

O primeiro tempo foi complicado para o tricolor, pois os baianos levavam muito perigo. Porém, não foi suficiente para tirar a vitória parcial (1 a 0) e depois o placar ser dilatado.

Paulista bate Red Bull Brasil e consegue boa estreia no Grupo 11

Na outra partida, o Paulista, dono da casa no Grupo 11, também venceu sua partida de estreia diante do Red Bull Brasil. Com placar mais discreto e em jogo complicado, o time de Jundiaí começou a competição com os três pontos graças ao gol de Criciúma, que garantiu a vitória por 1 a 0 e o bom início na Copinha.