Gallo aposta em manutenção da base titular do Náutico para somar primeira vitória

Treinador alvirrubro ressalta desgaste da estreia, mas indica permanência do time que foi derrotado pelo Criciúma

Gallo aposta em manutenção da base titular do Náutico para somar primeira vitória
Elenco alvirrubro teve apenas um treinamento para primeira partida como mandante (Foto: Léo Lemos/Náutico)

Sem tempo para digerir a derrota sofrida para o Criciúma, na rodada inaugural da Série B do Campeonato Brasileiro, o Náutico já voltou aos treinamentos e, simultaneamente, encerrou os preparativos para o jogo diante do Vila Nova. Na tarde desta segunda-feira (16), no CT Wilson Campos, o elenco do Timbu realizou a única atividade antes da estreia como mandante na competição.

Com a regularização do lateral-esquerdo Mateus Müller, do volante Eurico - apresentado no momento antecedente à movimentação - e do meia Maylson, Gallo ganha três opções na equipe. O comandante alvirrubro opta por fazer mistério, sem confirmar quem irá a campo, mas indica que vai manter o time titular.

"Temos um grupo que não está uniforme no aspecto físico e não temos tempo de parar e trabalhar. A gente tem um esboço do time, claro, mas o departamento médico tem alguns detalhes com alguns atletas, que sentiram problemas na última partida. Espero que possamos jogar como jogamos até o momento que tomamos o gol (contra o Criciúma)", afirmou o técnico, que destaca a importância do grupo fazer o básico para sair vitorioso sob o apoio da torcida.

"Continuamos a buscar um sistema de jogo da maneira mais simples possível, de forma mais objetiva possível. Temos que ser práticos, fazer o básico e usar a Arena Pernambuco para tentar vencer. Estamos vivendo um momento transitório e estamos correndo atrás. Esperamos que próxima semana possamos equacionar esses problemas com esse curto espaço de treinos", completou o treinador.

Outros dois atletas integram o grupo e ainda não foram apresentados pela diretoria, pois não tiveram os nomes divulgados no BID da CBF. Formado na categoria de base do Internacional, o zagueiro Eduardo se junta ao atacante Taiberson, também ainda vinculado ao Colorado e devendo ser emprestado até o final do ano. O defensor estava no clube gaúcho no início da atual temporada, enquanto o centroavante defendeu as cores da Ponte Preta, porém sem sucesso.

Caso Alexandre Gallo não modifique momentos antes, o escrete da Rosa e Silva vai com: Júlio César; Joazi, Rafael Pereira, Fabiano Eller e Henrique; Ygor, Rodrigo Souza, Esquerdinha, Caíque e Rony; Rafael Coelho.