Londrina duela com Náutico buscando primeira vitória na Série B

Tubarão ainda não venceu e quer encostar na parte de cima da tabela; Timbu vem de uma vitória suada contra o Vila Nova e pretende vencer a primeira fora de casa

Londrina duela com Náutico buscando primeira vitória na Série B
(Foto: Hugo Alves/Vavel Brasil)
Londrina
Náutico
Londrina: Marcelo; Ygor, Silvio, Matheus, Léo; Germano, Diogo Roque, Gava, Zé Rafael; Keirrison, Jô. Técnico: Claudio Tencati
Náutico: Júlio César; Joazi, Rafael Pereira, Eduardo (Gastón Filgueira), Matheus Müller; Rodrigo Souza, Maylson, Rony, Caíque, Jefferson Nen; Rafael Coelho. Técnico: Alexandre Gallo
ÁRBITRO: Felipe Duarte Varejão (ES)
INCIDENCIAS: Partida válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2016, a ser realizada no Estádio do Café, em Londrina/PR.

Nesta terça-feira (24), Londrina e Náutico se enfrentam pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O jogo será realizado no Estádio do Café, em Londrina/PR, às 19h15. As equipes estão na parte de baixo e intermediária da tabela, respectivamente, e querem os três pontos para se aproximarem dos times que estão no grupo dos quatro melhores colocados da competição.

Vindo de um empate diante do Goiás, fora de casa, o Londrina contará com sua torcida para superar a equipe pernambucana e conseguir ganhar sua primeira partida no campeonato.

Por outro lado, o Náutico venceu de forma apertada o Vila Nova, na Arena Pernambuco, e deseja os três pontos fora de casa. O time alvirrubro já perdeu longe de Recife na primeira rodada, diante do Criciúma.

Após boa atuação na última partida, Tencati deve repetir escalação

Depois de perder para o CRB na estreia da Série B dentro de seus domínios e empatar com o Goiás, o time comandado por Claudio Tencati volta a jogar no Estádio do Café. Diante de sua torcida, a equipe deverá ser a mesma da segunda rodada, com os mesmos desfalques, inclusive.

O treinador sinalizou a repetição do time titular nos treinamentos e entrevistas durante os dias de preparação para a partida contra o Náutico. O zagueiro Silvio não participou de uma movimentação, mas está confirmado. Já o atacante Jô, que saiu machucado contra o Goiás, treinou normalmente e vai para o confronto.

"O time teve uma melhora, uma evolução, começou a entender como jogar a Série B. Acredito que vai ter uma evolução ainda maior. Sobre as mudanças contra o Goiás, com o Zé Rafael e Gava, tenho um dinamismo maior no meio-campo e o Netinho é mais cadenciado. O Keirrison também deu uma cara nova ao ataque, até pelo lado técnico dele, com a bola no pé, ele participa com mais qualidade e na conclusão da jogada. São detalhes que a equipe evoluiu", destacou o comandante do Tuba.

Para a sequência da Série B, o Londrina anunciou a contratação do meia Rondinelly, que pertence ao Grêmio, porém disputou o Campeonato Carioca pelo Macaé. O atleta deverá estar apto para a partida contra o Joinville, no sábado (28).

Gallo tem dúvidas para escalar o time alvirrubro

Vindo de uma vitória na raça contra o Vila Nova, o Náutico continuará com desfalques para o jogo desta terça-feira (24). Bérgson voltou de lesão contra a equipe goiana, mas foi expulso e volta a ficar de fora. Os zagueiros Fabiano Eller e Ronaldo Alves também estão vetados para o confronto contra a equipe do Paraná. Outro que pode ficar de fora, é o meia atacante Esquerdinha, que sentiu dores no último jogo.

Um ponto positivo para o comandante do escrete pernambucano foi a regularização do zagueiro Eduardo. O jogador pertence ao Internacional, e apareceu no Boletim Informativo Diário da Confederação Brasileira de Futebol (BID/CBF), ficando apto para a partida. A entrada do jovem defensor, deve fazer com que o lateral-esquerdo Gastón Filgueira, que atuou improvisado na zaga contra o Vila, retorne ao banco de reservas. Um dos titulares absolutos do Náutico, o goleiro Júlio César seguirá defendendo a meta do clube e destacou o desejo do elenco de subir na tabela. 

"A gente sabe que os três pontos, agora, nos colocam em uma situação boa para fazer mais um jogo em casa. Então, que possamos fazer um bom jogo agora e ficar na parte da frente da tabela, para que estejamos pelo menos entre os oito primeiros e, quando o campeonato começar a afunilar, a gente consiga dar um sprint e estar mais em cima. Então é fundamental vencer fora de casa, porque também dá confiança", afirmou.