Gallo elogia crescimento do futebol do Náutico, mas volta a reclamar das finalizações

Segundo o treinador, houve um "crescimento mental" da equipe no jogo contra o Bahia, mas os erros de finalização novamente evitaram a vitória alvirrubra

Gallo elogia crescimento do futebol do Náutico, mas volta a reclamar das finalizações
Foto: Divulgação/Clube Náutico Capibaribe

Após o empate em 0 a 0 do Náutico contra o Bahia na noite desta terça-feira (31) em partida realizada na Arena Fonte Nova, em Salvador, o técnico Alexandre Gallo falou com a imprensa e elogiou o desempenho geral dos seus comandados, ressaltando que viu um "crescimento mental" da equipe em relação aos últimos jogos. Para Gallo, a partida foi equilibrada mas o Timbu esteve mais perto da vitória.

"Ponto fora de casa sempre é importante. A gente poderia ter vencido, pela clareza nas chances que construímos. Tivemos três grandes chances enquanto o Bahia teve duas. Foi um jogo bastante equilibrado. Vi um crescimento mental na equipe. Porque diante de um adversário forte como o Bahia, na casa dele, seu time acaba fatalmente perdendo. Tivemos força mental para segurar o empate aqui dentro", disse Gallo.

Mas o comandante alvirrubro não foi só elogios. Novamente ele criticou a falta de pontaria do ataque timbu, o que para o treinador foi determinante para que o time não saísse de Salvador com os três pontos ganhos. "Jogamos um jogo tático, para uma bola. Se nós saíssemos na frente, o Bahia iria se abrir e nos proporcionar o contra-ataque. Jogamos em um esquema de velocidade, então se fizéssemos um dos gols perdidos o resultado poderia ser diferente”, ressalta o técnico.

O meia Renan Oliveira, que acertou a trave num chute de longa distância, também lamentou as oportunidades perdidas. "Tivemos bastante chance de poder matar o jogo. Sabíamos que o jogo era complicado e infelizmente não conseguimos fazer os gols. Conquistar vitórias fora de casa é importante para alcançar o nosso objetivo. Mas este ponto também foi importante, pode ser valioso para o nosso acesso", afirmou o meio-campista.