Náutico encara Joinville buscando manter retrospecto como mandante

Timbu não perdeu nenhum ponto jogando em seus domínios, e vem motivado após boa atuação contra o Bahia fora de casa

Náutico encara Joinville buscando manter retrospecto como mandante
Foto: Divulgação/Clube Náutico Capibaribe
Náutico
Joinville
Náutico: Júlio César; Joazi, Rafael Pereira, Eduardo, Mateus Müller; Gastón Filgueira, Maylson, Jefferson Nem; Rony, Bergson, Tiago Adan (Taiberson). Técnico: Alexandre Gallo.
Joinville: Oliveira; Robertinho, Bruno Aguiar, Victor Oliveira, Júnior; Naldo, Paulinho Dias; Everton Silva, Pereira, Murilo; Fernando Viana. Técnico: Hemerson Maria.
ÁRBITRO: Francisco Carlos do Nascimento (AL). Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL), Rondinelle dos Santos Tavares (AL)
INCIDENCIAS: Partida válida pela sexta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, a ser realizada na Arena Pernambuco, em Recife/PE.

Duas vitórias com rendimento acima da média. Esse é o retrospecto do Náutico jogando em casa pela Série B do Campeonato Brasileiro. Esperando manter a escrita, o Timbu enfrenta o Joinville nesta sexta-feira (3) às 21h30 novamente na Arena Pernambuco. O que deixa o torcedor ainda mais esperançoso é que, apesar das críticas ao setor ofensivo da equipe, os alvirrubros vêm mostrando um bom futebol nas últimas partidas.

A principal mudança no Náutico para a partida contra os catarinenses é justamente no ataque. Sem Rafael Coelho, que sofreu uma lesão na coxa direita, o técnico Alexandre Gallo poderá promover a entrada do recém-contratado Tiago Adan. O centroavante chegou a atuar por vinte minutos na goleada sobre o Sampaio Correa, e pode ter contra o JEC sua primeira chance como titular.

No Joinville o clima é de empolgação após a conquista da primeira vitória fora de casa na competição, contra o Tupi em Juiz de Fora. Agora os comandados do técnico Hemerson Maria esperam repetir o feito contra os pernambucanos, e para isso o treinador deverá escalar uma equipe mais ofensiva, com Everton Silva mais adiantado pela ponta e Murilo ocupando a vaga de Juninho, que será poupado devido ao desgaste físico.

Desfalques e novidade no ataque

O técnico Alexandre Gallo terá que enfrentar o problema dos desfalques em quase todos os setores do time para escalar os onze titulares para a partida contra o Joinville. Na cabeça de área, o lateral-esquerdo Gastón Filgueira será improvisado no lugar de Rodrigo Souza, lesionado na coxa. E no ataque, a maior preocupação da equipe, o centroavante Rafael Coelho dará lugar a Tiago Adan, que deverá fazer sua estreia como titular. Outro que pode ganhar a vaga é Taiberson, com Bergson sendo deslocado para atuar como homem de referência.

Gallo afirma que, apesar da intenção de utilizar Tiago Adan, o substituto de Rafael Coelho ainda não está definido. "Treinamos, por mais de uma vez, com Bérgson centralizado e como um falso 9. É um atleta que pode fazer quatro funções ali na frente, não só a meia, mas os lados e também mais centralizado. Existe a chance de Tiago Adan entrar, o problema é a questão física ainda. Ele vem de recuperação de lesão no joelho, iniciamos a preparação e antecipamos algumas fases para levá-lo no jogo contra o Sampaio e ele ir ganhando ritmo nos jogos", disse o treinador.

Com isso, a agremiação da Rosa e Silva deve ir a campo contra a equipe catarinense com a seguinte escalação: Júlio César; Joazi, Rafael Pereira, Eduardo e Mateus Müller; Gastón Filgueira, Maylson, Jefferson Nem; Rony, Bergson e Tiago Adan (Taiberson).

Contra o Náutico e contra o cansaço

Além do Timbu, o time do Joinville vem enfrentando mais um adversário difícil: o cansaço. Após uma sequência de jogos fora de casa, os atletas do JEC vêm apresentando um desgaste físico elevado, o que obriga o técnico Hemerson Maria a fazer alterações em setores importantes da equipe. Em entrevista após o treinamento realizado na tarde da última quinta-feira (2), Hemerson analisou o adversário e aproveitou para criticar o calendário da Série B.

"Acredito que o Gallo não deve fazer muitas alterações. Todas as equipes da Série B estão enfrentando um calendário muito duro. O Joinville está fazendo o quarto jogo fora de casa em seis rodadas. O deslocamento também cansa. Pelo que venho acompanhando, o Gallo já definiu seu modelo de jogo. Espero o Náutico com um time muito veloz do meio para a frente, bem consistente atrás e com jogadas de bola parada. Esperamos equilibrar as ações e buscar a vitória", afirmou o treinador.

Os principais desfalques para a partida contra o Náutico estão na lateral direita e no ataque. No setor defensivo, Cléo Pires será poupado e dará lugar a Robertinho, enquanto no ataque Murilo, autor do gol da vitória contra a equipe mineira, deverá ocupar a vaga de Juninho. O JEC deve ir a campo com: Oliveira; Robertinho, Bruno Aguiar, Victor Oliveira e Júnior; Naldo e Paulinho Dias; Everton Silva, Pereira e Murilo; Fernando Viana.