Náutico tem dois desfalques para jogo contra Brasil de Pelotas e Gallo faz mistério

Timbu não tem à disposição os atacantes Bérgson, suspenso, e Taiberson, vetado mais uma vez pelo departamento médico

Náutico tem dois desfalques para jogo contra Brasil de Pelotas e Gallo faz mistério
Em compensação, Joazi volta a treinar e passa a ser opção para comandante alvirrubro (Foto: Divulgação/Náutico)

Com pouco tempo para se preparar e esquecer o empate dentro de casa com o Bragantino, o Náutico encerrou os preparativos para o jogo contra o Brasil na tarde desta segunda-feira (20), já em Caxias do Sul, palco do jogo. O estádio Bento de Freitas, do clube pelotense, está sendo reformado para aumento da capacidade e não reúne condições de receber público, fazendo o duelo ser disputado no Centenário, na cidade da Serra Gaúcha.

Para a partida com os gaúchos, o treinador Alexandre Gallo não tem os atacantes Bérgson, suspenso após ter recebido o terceiro amarelo, e Taiberson, vetado pelo departamento médico por mais uma vez. O jovem lateral-direito Joazi, contudo, será reavaliado antes do embate, pois foi poupado no último sábado (18) diante dos alvinegros e viajou com o grupo.

Caso Joazi seja titular, Rafael Pereira volta a formar a dupla de zaga com Eduardo, fazendo Léo Pereira retornar ao banco de reservas. A lateral-esquerda, entretanto, é a maior dúvida do técnico alvirrubro. Mateus Müller, que foi mal no fim de semana, saiu ainda no primeiro tempo e Gastón Filgueira, improvisado de volante, voltou à função de origem, com Rodrigo Souza - já à disposição - na cabeça de área. O uruguaio, inclusive, destacou seu rendimento na zona de marcação.

"Para mim, é sempre bom jogar e ajudar o time, onde o treinador ache que seja melhor. Voltei à lateral por opção tática, mas me sinto bem de volante. Essa sequência no meio me dá confiança, pois o importante é entrar e fazer bom trabalho. O posicionamento é bem diferente, porém estou procurando caprichar", declarou Gastón.

Para o lugar de Taiberson, Renan Oliveira segue no setor de armação, enquanto Rony e Jefferson Nem ficam abertos no lado. Na referência, Tiago Adan foi testado antes mesmo da suspensão de Bérgson, mas a atuação foi aprovada, devendo seguir na posição. Ainda que Gallo dê valor ao mérito dos atletas, as mexidas não estão confirmadas, sendo definidas nos momentos anteriores ao apito inicial.

Com isso, o provável Timbu para o compromisso diante do Xavante deverá ser: Júlio César; Joazi (Rafael Pereira), Eduardo, Léo Pereira (Rafael Pereira) e Mateus Müller (Gastón Filgueira); Gastón Filgueira (Rodrigo Souza), Maylson e Renan Oliveira; Jefferson Nem, Tiago Adan Rony e Rony.