Náutico encara Luverdense buscando encostar nos primeiros colocados da Série B

Time alvirrubro e Verdão do Norte estão próximos na tabela e separados por apenas dois pontos; jogo é decisivo para o restante da competição

Náutico encara Luverdense buscando encostar nos primeiros colocados da Série B
Foto: Divulgação/FPF
Náutico
Luverdense
Náutico: Júlio César; Joazi, Rafael Pereira, Eduardo e Henrique; Gastón, Gustavo Henrique e Renan Oliveira (Hugo); Rony, Bergson e Jefferson Nem. Técnico: Alexandre Gallo
Luverdense: Gabriel Leite; Raul Prata, Everton, Walace e Régis; Kazu, Ricardo, Da Mata e Sérgio Mota; Hugo e Tozin. Técnico: Júnior Rocha
ÁRBITRO: Alisson Sidnei Furtado (TO)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 13ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE)

Nesaa terça-feira (28), às 20h30, na Arena Pernambuco, o Náutico recebe o Luverdense em jogo válido pela 13ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Separados por apenas dois pontos na tabela, o Timbu quer vencer de qualquer jeito para tentar entrar ou encostar no G-4. Pelo lado do Verdão do Centro Oeste, a equipe deseja manter a boa campanha e continuar figurando na parte de cima da tabela.

Depois de quatro jogos sem vencer, com duas derrotas e dois empates, o clube pernambucano busca uma reabilitação na competição nacional e manter o bom retrospecto jogando em seus domnínios. A equipe comandada por Alexandre Gallo ainda não perdeu jogando em casa nessa Série B, empatando um jogo e vencendo quatro.

O Luverdense vem de uma importante vitória dentro de casa sobre o Londrina, que o colocou entre os primeiros colocados com 20 pontos. Um ponto positivo para o time do Mato Grosso, é que em cinco jogos fora de casa, o LEC perdeu apenas um, ganhou dois e empatou dois, somando oito pontos.

Após maus resultados, Náutico busca se reencontrar com as vitórias

Vindo de uma série de partidas sem vencer, a tarefa de Gallo é ajustar o Náutico para fazer as pazes com o torcedor e encontrar novamente o caminho da vitória. Após duas derrota e dois empates, sendo um empate em casa, o escrete de Conselheiro Rosa e Silva vai enfrentar o Luverdense com a obrigação de conseguir os três pontos.

O time vai à campo com quatro desfalques, que já vinham de fora há algum tempo. Maylson, Rodrigo Souza e Eurico estão entregues ao Departamento Médico e estão vetados. Já Taiberson está na transição e ainda não reúne condições de jogo. Por outro lado, Hugo estreou e pode ser uma opção para o treinador, mas o ritmo de jogo ainda é um problema para o atleta. 

Apesar de ter o melhor ataque da competição, junto com o Vasco, o setor ofensivo do time alvirrubro é um dos pontos mais questionados ultimamente. A pouca produtividade nas últimas partidas deixou a torcida bastante incomodada. Artilheiro do Náutico na Série B, Jefferson Nem acredita em uma reabilitação da equipe.

"Estamos a três pontos do G-4. Temos que fazer um bom jogo agora e reencontrar a vitória. Além do mais importante que é se manter na parte de cima da tabela. A Série B é um campeonato que não tem favorito. Todos os jogos são disputados de igual para igual. Esperamos fazer uma boa partida contra a equipe da Luverdense. Se Deus quiser entrar no G-4 que é o nosso objetivo. Não adianta ficar lamentando, temos que pensar em vencer o próximo jogo", afirmou o atacante.

Com desfalques, Luverdense tenta se manter na parte de cima da tabela 

Depois de empatar com o Sampaio Corrêa e vencer o Londrina em casa, o LEC embarcou para Recife com o objetivo de manter a boa campanha fora de casa. O time comandado por Júnior Rocha tem apresentado um bom futebol na Série B e deseja quebrar a invencibilidade alvirrubra em plena Arena Pernambuco.

Para o confronto, o treinador não poderá contar com alguns titulares. O lateral-esquerdo Paulinho está suspenso e não pode enfrentar o Timbu, já o zagueiro Airton e o volante Jean Patrick estão machucados e foram vetados. Uma boa notícia para o time foi a volta do volante Kazu. O atleta retornou de um período de treinamentos com a seleção brasileira sub-18 e está à disposição.

"Temos alguns desfalques, mas quem entrar em campo vai dar conta do recado. A partida contra o Náutico não será e fácil, pois vem de derrota e precisam da reabilitação. A classificação mostra o equilíbrio competição e a dificuldade constante das partidas série B", afirmou Júnior Rocha.