Alexandre Gallo faz análise do momento do Náutico e projeta acesso à elite

Após o último treino antes da 17ª rodada, já é possível perceber mudanças no Náutico, que volta a jogar em casa em busca de reabilitação no campeonato

Alexandre Gallo faz análise do momento do Náutico e projeta acesso à elite
Treinador participou de coletiva no CT Wilson Campos (Foto: Léo Lemos/Náutico)

Buscando a recuperação, algumas mudanças já são perceptíveis na escalação do Náutico para a partida da próxima sexta (22), contra o Avaí-SC. O treinador Alexandre Gallo perdeu algumas peças por lesão durante a semana e deve trocar outras por opção. Titular absoluto, Júlio César segue no gol, mas poderá surgir novidade na dupla de zaga.

A entrada de Igor Rabello na vaga de Léo Pereira já é esperada, conforme testado ao longo dos treinos. A dúvida fica pela vaga de Rafael Pereira, que sentiu dores no calcanhar durante a semana e há possibilidade de ser substituído por Eduardo.

Nas laterais, Gastón retorna a sua posição de origem e deverá jogar ao lado de Walber, na vaga de Joazi. Mais na frente, Gallo deve optar por João Ananias, Maylson e Renan Oliveira (que retorna após Hugo ser improvisado como ‘falso nove’). No ataque, com Bérgson fora, a escalação mais provável é Jefferson Nem, Hugo e Rony.

Gallo afirmou que, apesar dos desfalques – a maioria por lesão –, utilizará, das peças disponíveis, os que estão em melhor momento para buscar um resultado positivo. “O time está bastante consciente dos erros individuais e todos estão buscando melhorar. Para essa partida, colocaremos quem está melhor”, afirmou.

O Náutico volta a campo amanhã, sexta-feira, às 21h30, na Arena Pernambuco, onde tem uma média de público abaixa do esperado. O que preocupa o clube – que se aproxima do retorno aos Aflitos – e incomoda os atletas. Sobre isso, Gallo chamou a responsabilidade e garantiu que os resultados serão mais atrativos.

“Os jogadores já estão acostumados com o número reduzido da nossa torcida, não queríamos que fosse assim, mas é a nossa realidade. Vamos fazer o melhor e dar nosso máximo, essa é uma responsabilidade nossa. Quando melhoramos a performance, atraímos mais torcedor à Arena”, concluiu o técnico.