Gallo destaca boa atuação do Náutico contra Oeste: "Jogo mais fácil do campeonato"

Comandante cobra oportunidades desperdiçadas da equipe após empate sem gols em partida fora de casa, mas se mostra decepcionado com resultado

Gallo destaca boa atuação do Náutico contra Oeste: "Jogo mais fácil do campeonato"
Treinador alvirrubro acredita que pontos perdidos possam fazer a diferença na sequência da Série B (Foto: Léo Lemos/Náutico)

A meta de 30 pontos, traçada no início da Série B do Campeonato Brasileiro 2016, não foi devidamente cumprida ao fim do primeiro turno pelo Náutico. Isso porque em embate válido pela 19ª rodada, diante do Oeste, ficou no empate sem gols e caiu à 6ª posição, com 28 pontos, dois a menos que o planejado.

O resultado, por todas circunstâncias, foi lamentado pelo treinador Alexandre Gallo que, mesmo assim, reconheceu a boa atuação da equipe pelas oportunidades criadas. Gallo comentou que esse foi o duelo mais fácil de todo o certame nacional, principalmente devido aos jogadores terem tido um rendimento seguro.

"Esse foi o jogo mais fácil do campeonato, pois armamos um sistema para marcar fechado e, com isso, conseguimos roubar a bola deles. Estudamos muito a equipe deles e não tem o que falar. Nos cobramos bastante agora no vestiário, uma vez que não podemos ter toda essa quantidade de chances perdidas cara a cara com o goleiro. Só posso entender que foi um dia atípico", declarou o comandante alvirrubro, que pede para o tempo sem jogar - 16 dias - ser para dar ajustes na equipe, dizendo ter cobrado no vestiário.

"Conversei com eles de forma dura e positiva. Se fosse um treino de dois toques ou brincadeira, faríamos seis gols. Procurei mostrar que essa competição é muito importante para a gente e vamos trabalhar mais a finalização e que no segundo turno possamos fazer diferente. Somos a equipe que mais cria chances na Série B, mas temos alguns problemas e não jogaremos bem para sempre. Essas duas semanas vieram em bom tempo para ajustarmos, porém esses dois pontos vão fazer diferença", completou o técnico.

Os pernambucanos, que terão quatro dias de folga antes de voltar a treinar, voltam a campo somente no sábado (20), às 16h, na Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata. O jogo pela 20ª rodada, contra o Criciúma, abre o returno da Segundona e o Timbu visa ter menor oscilação para seguir firme na briga pelo acesso à elite.