Givanildo Oliveira exalta triunfo do Timbu sobre Vasco: "Vitória com cara de acesso"

"Time encaixou"; técnico afirmou que seu time está cada vez mais empenhado em para brigar por vaga no G-4:

Givanildo Oliveira exalta triunfo do Timbu sobre Vasco: "Vitória com cara de acesso"
Técnico enalteceu atuação dos seus comandados (Foto: Léo Lemos / Náutico)

O Náutico continua sua subida no Campeonato Brasileiro da Série B. O Timbu derrotou a equipe do Vasco nesse sábado (1º) por 3 a 1, na Arena Pernambuco. Com o resultado positivo, a equipe pernambucana chegou aos 42 pontos, avançou duas posições, chegando à oitava colocação e entrou definitivamente na disputa por uma vaga na Série A de 2017. A vitória saiu veio com gols de Rony (dois) e Bergson para os donos da casa, enquanto o lateral Madson descontou para os cruzmaltinos.

+ Veja como está a classificação do Brasileirão Série B

O técnico Givanildo Oliveira acredita que seus comandados tem condição para disputar uma vaga no G-4 e enxerga time encaixado para as partidas restantes, que são dez. Givanildo exaltou a vitória sobre os líderes da competição: “Foi vitória com cara de acesso, mas agora, para a frente, tem que ser também. Não é por essa vitória que já está tudo resolvido. Acho que o time encaixou e se continuar assim, vamos chegar”.

A equipe dos Aflitos chegou ao terceiro resultado positivo consecutivo, conquistados sobre Paysandu por 3 a 1, Paraná por 2 a 1 e Vasco nesse sábado (1ª). O Timbu encontra-se agora a apenas três pontos do quarto colocado Londrina, que derrotou o Oeste por 3 a 0 no Estádio do Café, também nesse sábado.

Ao fim do jogo, o treinador do time pernambucano enalteceu seu time, elogiando o controle e o equilíbrio do seus comandados, ainda mais por enfrentarem uma equipe   como o Vasco da Gama, atual primeiro colocado do campeonato, com 51 pontos conquistados. “Houve controle e equilíbrio. Podia ter feito o quarto num contra-ataque. O time se empenhou muito e todo mundo está de parabéns. Não só quem fez o gol. Não enfrentamos qualquer time”, declarou Givanildo.