Com vários desfalques, Roberto Fernandes tem problemas para montar equipe contra Goiás

Técnico alvirrubro não poderá contar com o zagueiro Léo Carioca, o lateral-esquerdo Henrique Ávila o atacante Rafael Oliveira

Com vários desfalques, Roberto Fernandes tem problemas para montar equipe contra Goiás
Divulgação/Clube Náutico Capibaribe

A falta de peças importantes no Náutico será mais uma vez um grande problema para o técnico Roberto Fernandes. Para o jogo contra o Goiás, no Serra Dourada na próxima sexta-feira (6), o timbu, que luta para somar pontos e sair da zona de rebaixamento, contará com três desfalques certos: o zagueiro Léo Carioca e o lateral-esquerdo Henrique Ávila com lesões musculares e o atacante Rafael Oliveira, que rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito e ficará fora por toda a temporada. 

Com três peças já fora do confronto, outros entraram na lista do departamento médico como o atacante Iago, que sentiu dores na coxa às vésperas da viagem para Goiânia e está descartado.  Artilheiro do time na Série B, o atacante Vinícius está fora até o final do ano em consequência de uma lombalgia crônica. o Zagueiro Breno Calixto ainda está em processo de recuperação de uma lesão da coxa. O lateral-direito Sueliton que mesmo sendo dúvida devido a uma virose, viajou com a delegação.

Toda essa "coleção de problemas" que o Náutico enfrenta interfere diretamente no estilo de jogo e obriga o técnico Roberto Fernandes a fazer alterações forçadas na equipe, mudando as suas intenções e esquemas que deixariam o time mais ofensivo. 

Muitas vezes um esquema serve para aquele tipo de peçs que você tem, mas se você muda muitos jogadores, já não é a mesma intenção em termo de ideia. A intenção era manter o mesmo esquema mas não sei se temos condições disso” pontuou. 

 As constantes mudanças nas escalações para os jogos do Campeontato Brasileiro da Série B custaram caro. Manter a estabilidade no elenco tem sido difícil, mas para o treinador, superação será a palavra chave. 

"Será um confronto direto, jogo duro, dificílimo e estamos cheio de problemas. A palavra do Náutico, mais uma vez, terá de ser superação. Estamos quebrando a cabeça, temos um treinamento em Goiânia ainda para definir o que temos de melhorar para enfrentar o Goiás”, comentou. 

O provável time para enfrentar o time esmeraldino será Jefferson; Sueliton (David), Aislan, Feliphe Gabriel e Manoel; Amaral, Diego Miranda e Giovanni; Rafinha, Dico e William.

Náutico