Meia Bruno Mota demonstra arrependimento e se reintegra ao Náutico

Atleta havia solicitado dispensa junto à diretoria, porém decidiu voltar após conversa e pedido do treinador Roberto Fernandes

Meia Bruno Mota demonstra arrependimento e se reintegra ao Náutico
Meio-campista foi relacionado para encarar Guarani e deve iniciar como opção entre reservas (Foto: Léo Lemos/Náutico)

A sexta-feira 13, bastante conhecida por ser um dia de azar, foi positiva ao Náutico. O meia Bruno Mota, que havia solicitado dispensa após criticar a falta de chances, foi reintegrado ao plantel depois de reunião junto à diretoria e solicitação do técnico Roberto Fernandes. O jogador viajou para Caruaru e foi relacionado para duelar com o Guarani nesse sábado (14), em confronto da 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2017.

Mostrando arrependimento por sua atitude, o atleta se desculpou com a cúpula alvirrubra e vai tentar, agora, ajudar a evitar o rebaixamento. Diante do Bugre, vai ficar como opção entre os reservas, mas promete se dedicar ao máximo para poder alcançar o objetivo nas últimas dez rodadas da Segundona.

"Me retratei com o treinador, com a diretoria e os jogadores. Expliquei o que tinha acontecido e pedi uma nova oportunidade no Náutico, que é clube grande e merece respeito. Todos me receberam muito bem de volta e, agora, é focar no trabalho com muito esforço e dedicação para sairmos dessa situação ruim", declarou ao site oficial do clube, citando ainda que espera retornar à titularidade, já que esteve em campo pela última vez na vitória sobre o Brasil, pela 23ª rodada.

Última partida de Bruno pelo Timbu foi na vitória sobre o Brasil de Pelotas na Arena (Foto: Léo Lemos/Náutico)
Último jogo de Bruno pelo Timbu foi na vitória sobre o Brasil de Pelotas na Arena (Foto: Léo Lemos/Náutico)

"Ficou conversado que tenho demonstrar, dentro de campo, que sou merecedor dessa chance. Estou focado de que preciso comprovar nos treinos e nos jogos, bem como estou aqui para poder ajudar o Náutico no restante da Série B, pois essa reta final vai ser bastante complicada para nós", completou.

Tentando esquecer a derrota para o Goiás no jogo passado, o Timbu não deve ter muitas mudanças no time titular. Sem poder contar com o atacante Gilmar, que rompeu o ligamento do joelho direito, assim como Ávila, Léo Carioca e Breno Calixto no departamento médico em fase final de recuperação, o treinador opta pelo mistério para definir.

Ainda que hajam eventuais interrogações na equipe, Roberto deve ir a campo no Lacerdão com:  Jefferson; Sueliton, Aislan, Feliphe Gabriel e Manoel; Amaral, Diego Miranda, Rafinha e Giovanni; Dico e William. Foi cogitada a possibilidade de Diego Miranda ser deslocado à lateral para a vaga de Manoel e William Schuster, porém o comandante decidiu por não mexer nada.