Para Roberto Fernandes, tempo de preparação foi fator principal para empate do Náutico

Técnico alvirrubro ressaltou os vinte dias a mais que adversário sergipano teve para treinar

Para Roberto Fernandes, tempo de preparação foi fator principal para empate do Náutico
Timbu fez sua estreia na temporada de 2018 com fraca atuação (Foto: Léo Lemos/Náutico)

O técnico Roberto Fernandes fez algumas observações na atuação do Náutico, mas deu um desconto aos seus atletas devido as condições do gramado e a preparação mais bem feita do time adversário em decorrência do tempo disponível.

"Foi com certeza  os 18, 20 dias a mais de preparação (do Itabaiana-SE). o jogador nosso que correu e suportou a intensidade da partida foi o Daniel Bueno porque vinha treinando desde o início de dezembro com o Rio Claro (SP). Então o tempo de preparação fez um pouquinho de diferença", disse o comandante alvirrubro. Roberto também alfinetou adversário quando mencionou o gramado. 

"Acho que não é a toa que deixaram o gramado maior, que é pra tentar aproveitar disso aí, mas eu que nesse momento o importante foi a gente ter somado esse ponto aqui e levar a decisão pra casa na frente do nosso torcedor", acrescentou.

Quando questionado se a partida foi o que ele imaginou que seria, o treinador do Timbu de novo citou a falta de ritmo dos jogadores, ressaltando as dificuldades de se iniciar um trabalho do zero, mas destacou outros aspectos que devem ser melhorados.

"A gente tem que saber avaliar porque claro que tem a parte física, a de coodenação de jogo, a equipe ainda é absolutamente descoordenada nas transições de setores e deu pra perceber isso claramente, mas faz parte porque é um início de temporada. Se iniciasse aqui com as coisas absolutamente maravilhosas era um outro momento de clube e não no momento que a gente está vivendo, com jogadores que estão buscando seu espaço e que não estão na sua melhor condição física e técnica", concluiu.

O jogo de volta acontecerá no próximo sábado (13) na Arena de Pernambuco. O Náutico precisa sair vencedor do confronto para ter vaga garantida na fase de grupos da Copa do Nordeste. Em caso de empate em 0 a 0, a partida será decidida nos pênaltis. A equipe do Itabaiana (SE) tem a vantagem de qualquer empate com gols.