Escalado de última hora, Willian Gaúcho tem noite iluminada e dá vitória ao Náutico

Em sua estréia no Campeonato Pernambucano, Alvirrubros venceram o América (PE) e assumem liderança

Escalado de última hora, Willian Gaúcho tem noite iluminada e dá vitória ao Náutico
Timbu conseguiu a única vitória de todo o campeonato e assume liderança com três pontos (Foto:Willian Gaúcho/Instagram)

A sexta-feira (19) melancólica, por causa das chuvas na região metropolitana do Recife, teve seu momento de agitação nos minutos finais da estréia do Náutico no Campeonato Pernambucano frente ao América (PE). O jogo que parecia se encaminhar para mais um empate da equipe da Rosa e Silva, foi mudado por um nome improvável. Willian Gaúcho fez sua primeira partida como profissional e deixou dois gols no placar, sendo um deles no apagar das luzes (48min da segunda etapa) dando a vitória ao Timbu.

"A batida de fora da área sempre foi um forte meu, o treinador da base sempre me cobrava isso. E a falta (eu treinava) desde pequeno, mas eu sempre fui muito preguiçoso nesse sentido de bater falta. Quando eu subi pro profissional o professor Barata falava 'vai bater na bola, porque tu bate bem na bola'. Ontem eu treinei falta e hoje tive a felicidade de fazer".  O volante também admitiu estar muito nervoso antes de iniciar a partida.

"Confesso que no começo do jogo eu estava muito mais ansioso do que agora. Quando eu coloquei o meu pé direito em campo a minha perna tremeu, cara", disse o prata da casa. "A ficha não caiu ainda. Até ontem brincavam comigo dizendo 'vai pipocar amanhã?'", completou.

O jogador, de apenas 19 anos, confessou que havia sido mandado de volta à base mas foi chamado para reintegrar o grupo dos profissionais de última hora, onde pôde conquistar vaga no time titular.

"Como eu não fui convocado pros três primeiros jogos, na quarta-feira (17) conversaram comigo e com mais alguns meninos da base e falaram que a gente iria descer pra base. Daí eu esperei, e depois do jogo da quarta-feira (contra o Altos-PI) eu estava arrumando as minhas coisas e nessa hora o Roberto estava saindo do quarto dele e conversou comigo. Uns 40 minutos depois disso, um supervisor me avisou 'sobe de novo'. Durante os treinos consegui entrar de titular e olha só o que aconteceu", finalizou.