Para meia Wallace Pernambucano, empate foi um resultado "pra se lamentar"

Timbu saiu atrás mas buscou empate com gol de pênalti do Camisa 9

Para meia Wallace Pernambucano, empate foi um resultado "pra se lamentar"
(Foto:Léo Lemos/Náutico)

Depois de golear o rival Sport por 3 a 0, Náutico voltou à Arena de Pernambuco na tarde deste domingo (28), mas dessa vez como visitante. Diante do Vitória das Tabocas, que não pode jogar no seu estádio, o Carneirão, por causa das más condições do gramado, a equipe da Conselheiro Rosa e Silva não conseguiu repetir boa atuação do clássico. 

Wallace Pernambucano, autor do gol de empate do Timbu, falou sobre os bons jogos que vem tendo e confessou ter esperado mais da partida dos alvirrubros.

"Sempre trabalho pra fazer gol e graças a Deus o gol está saindo. Esse foi de pênalti, mas eu estou contribuindo com a equipe. Agora é trabalhar para o próximo jogo". Quando perguntado se o resultado foi justo, artilheiro alvirrubro pensou um pouco e disse: "pra se lamentar".

Quem também se lamentou foi o goleiro Jefferson, que admitiu que objetivo do Náutico era se consolidar ainda mais na liderança do Campeonato Pernambucano.

"Acho que as duas equipes se entregaram, esse não é o resultado que a gente queria porque queríamos disparar mais na liderança. Futebol tem dessas coisas", revelou o arqueiro.

A jogada que originou o gol do Vitória saiu depois dos zagueiros Breno Calixto e Camutanga se atrapalharem. Breno falou sobre o lance e analisou a partida da equipe.

"Eu acho que a gente fez um bom jogo. Não conseguimos colocar a bola pra dentro mas a gente teve volume, a gente propos o jogo, que é o que tínhamos que fazer. Teve uma confusão ali no primeiro gol mas acontece. Teve um bate rebate, infelizmente sobrou pra ele e o cara foi feliz acertando um chute espetacular", disse o xerife alvirrubro.

Zagueiro ainda elogiou o arremate do jogador adversário no gol do Tricolor das Tabocas.

"Vou dar até parabéns pra ele pelo chute, mas se for ver o jogo no geral a gente foi bem. A gente teve pra mais de 12 ou 13 finalizações, só que a gente precisa colocar pra dentro", disse. "Tem hora que a bola vai entrar como entrou no jogo passado, e aqui entrou uma. Então o que importa é que a gente não perdeu o jogo, estamos na ponta da tabela e agora é concentrar pra quarta-feira", concluiu.