Vitor Hugo cita cobrança no intervalo e exalta sistema tático do Palmeiras: "Falou e deu certo"

Após primeiro tempo apagado, Verdão volta ligado no segundo tempo e consegue vencer partida diante do Fluminense

Vitor Hugo cita cobrança no intervalo e exalta sistema tático do Palmeiras: "Falou e deu certo"
(Foto: César Greco/Divulgação/Agência Palmeiras)

O Palmeiras se recuperou bem no Campeonato Brasileiro da Série A. O Verdão vinha de derrota fora de casa para a Ponte Preta, mas diante de sua torcida se impôs e conseguiu vencer a equipe do Fluminense pelo o placar de 2 a 0, no Allianz Parque. A equipe do Palmeiras teve um primeiro tempo apagado, mas voltou para o segundo tempo ligado, se impôs e conseguiu o triunfo diante da equipe carioca.

Autor de um dos gols da vitória palmeirense, o zagueiro Vitor Hugo comentou sobre a cobrança que a equipe teve no intervalo e que segundo ele, ajudou o time voltar mais ligado para o jogo: "Nosso time, no geral, no primeiro tempo entrou um pouco desligado. No intervalo o professor falou, cobrou. E deu certo". Avaliou o zagueiro.

Novamente as variações táticas foram utilizadas por Cuca. Após um primeiro tempo morno, Cuquinha, auxiliar técnico que substituiu o comandante expulso na rodada anterior mexeu bem na equipe. Colocou Alecsandro como homem de referência e Moisés para ser o meia da equipe. Os dois foram peças fundamentais para a vitória e para dar a rodagem as variações táticas que o time executou durante o segundo tempo.

Gabriel Jesus exaltou o sistema tático de Cuca e citou dentre elas a importância da entrada de Alecsandro na partida. "Não tem time com uma formação só. O Cuca varia. O Alecsandro entrou e ajudou bastante", avaliou o jovem atacante.

Um dos destaques da vitória do Palmeiras, Róger Guedes se diz a vontade no clube e cita que gosta do esquema sem centroavante, mas defende a importância de também utilizar um atacante de referência e cita a importância da entrada de Alecsandro no segundo tempo.

"Ah, por você vir do Criciúma, gera um pouco de desconfiança por parte da torcida, mas desde que cheguei aqui tenho o apoio do Zé Roberto, do Prass, do pessoal mais experiente, então quando eu acerto eles me elogiam muito e quando erram estão do meu lado para apoiar bastante. Sobre a formação que iniciou o jogo, o ataque leve fica bom, a gente sabe que eu, o Dudu e o Gabriel fica um ataque mais rápido, mas a hora que entrou o Alecsandro a gente também tem uma referência de área." analisou o atacante.

O Palmeiras pode aproveitar a boa partida disputada contra o Fluminense como motivação para o fim de semana. No próximo domingo (29), às 16 horas, o Verdão encara o São Paulo no Choque-Rei a ser disputado no Estádio Cícero Pompeu de Toledo, o Morumbi, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.