Cuca esconde time e pede inteligência diante do Grêmio: “Todo respeito é pouco”

Treinador ainda mostrou dúvida em quem escalar para o lugar de Jean na lateral, já que João Pedro sentiu uma lesão nesta sexta-feira

Cuca esconde time e pede inteligência diante do Grêmio: “Todo respeito é pouco”
Cuca comentou sobre seu futuro no comando do Palmeiras (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras)

Líder do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras de Cuca irá visitar o Grêmio neste domingo, às 18h30, em Porto Alegre, pela 24ª rodada da competição. O Verdão está dez pontos à frente do rival gaúcho, mas mesmo com a distância Cuca pediu, em entrevista coletiva, inteligência para o time.

Não tenho dúvidas de que o Grêmio se mobilizará como puder para esta partida. Os jogadores que são criticados em uma partida querem mostrar valor no jogo seguinte. Isso não nos ilude, temos muito respeito pelo Grêmio e sabemos que o jogo será muito difícil. Temos de nos doar ao máximo e ser inteligentes para fazermos uma boa partida. Temos de ir preparados para uma dificuldade enorme que teremos”, comentou o comandante em entrevista coletiva.

Cuca ainda elogiou a equipe de Porto Alegre, que para ele continua sendo um dos melhores times do Brasil: “É uma belíssima equipe, muito bem treinada e todo respeito é pouco para o jogo de domingo”.

A partida será a primeira com Gabriel Jesus começando como titular. Contra o São Paulo, o camisa 33 entrou no segundo tempo e contribuiu para a virada palmeirense. O treinador aproveitou para elogiar o medalhista de ouro.

Vejo como um cara que acrescento muito à nossa equipe, nos acostumamos a jogar com ele. Contra o São Paulo, eu não pretendia usá-lo por tanto tempo, usaria menos ou, se possível, nem usaria. Existem riscos na profissão e temos de entender que às vezes eles são necessários. Quando ele entrou, vimos a nossa equipe encorpar”, analisou Cuca.

Se por um lado um titular volta, por outros dois saem. O zagueiro Yerry Mina e o polivalente Jean estão suspensos pelo terceiro amarelo. Na dupla de zaga Edu Dracena e Thiago Martins disputam uma posição ao lado de Vitor Hugo, já a lateral direita segue como dúvida.

João Pedro, uma das alternativas de Cuca, sentiu uma lesão na perna direita durante o treino desta sexta-feira e deixou o gramado mancando.

"Infelizmente, o João Pedro saiu machucado. Temos que agora ver o grau da lesão para saber ele vai ter condições de jogo. Amanhã [sábado] ainda faço um último treinamento para então depois definir o time", declarou o treinador. Agora, Cuca fica à espera do departamento médico para saber se houve ou não uma lesão grave.

Caso o desfalque seja confirmado, uma das opções poder ser Fabiano, lateral de ofício. Porém, uma opção que agrada é a utilização do versátil Tchê Tchê na posição.

O treinador alviverde se envolveu em uma polêmica na última semana, ao falar que voltar para a China está em seus planos para o futuro. Porém, ao ser questionado sobre isso o treinador minimizou o assunto.

Sou funcionário do Palmeiras até 31 de dezembro e vou dar meu máximo. Tenho feito planejamento com o Mattos em cima de opções para o ano que vem, nesse sentido. Esse é meu trabalho”, disse o treinador.

Porém, um possível entrave para sua renovação é o seu contrato e do diretor de futebol, Alexandre Mattos. Ambos acabam no fim deste ano, e ficará a cargo do próximo presidente decidir sobre isso.