Cuca nega favoritismo e alerta: "Santos e Galo também podem chegar"

Técnico confirmou as ausências de Cleiton Xavier e Edu Dracena para jogo contra o Coritiba

Cuca nega favoritismo e alerta: "Santos e Galo também podem chegar"
Técnico não confirmou escalação para o duelo diante do Coritiba, neste sábado (Foto: Willian Pereira/VAVEL Brasil)

O Palmeiras realizou, na manhã desta sexta-feira (23), o último treino antes da partida contra o Coritiba, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, que acontece neste sábado (24), às 16h, no Allianz Parque. Em clima descontraído, no final das atividades o elenco realizou o famoso “rachão”, que contou, inclusive, com a participação do técnico Cuca.

Após o treino, o comandante alviverde concedeu entrevista coletiva e minimizou ansiedade por parte da equipe. Além disso, declarou que não há segredo para a tão cobiçada “fórmula do título”.

É manter a regularidade que estamos mantendo o campeonato inteiro. A instabilidade que tivemos foi muito curta. Se mantivemos esse índice de pontuação em torno de 65%, é o que pretendemos. Não existe fórmula nenhuma, é o feijão com arroz. Simples”, destacou.

Para o jogo contra o Coritiba, o Palmeiras não com o meia Cleiton Xavier e o zagueiro Edu Dracena também estarão fora da partida por desconforto muscular. A dupla foi titular no jogo da última quarta-feira (21), contra o Botafogo-PB pela partida de volta da Copa do Brasil.

Quem é dúvida é o lateral Zé Roberto, que não teve sua escalação confirmada por Cuca. “Ele está conversando comigo. Vamos ver a fisiologia. Se estiver 100% recuperado é uma situação. Se não estiver, pensamos em outra opção”.

Importância da torcida

Com média de quase 30 mil pagantes em casa, a torcida alviverde estará, mais uma vez, em peso na partida diante do Coritiba. O time tem a segunda melhor média do Brasileirão e para o técnico Cuca, este apoio do torcedor tem sido fundamental para ajudar a equipe na busca pelo nono título nacional.

Mesmo quando eles não estiveram no estádio, como no sábado passado, marcaram presença no hotel, ou foram nos recepcionar no aeroporto. É uma pena termos um espaço que não podemos usar, mas temos de saber lidar com isso. Perde-se 20% de capacidade do estádio, os outros 80% tem de fazer uma forcinha maior”, declarou.

Duelo contra o Grêmio fica em segundo plano

Focado no Campeonato Brasileiro, o técnico evitou tocar no assunto sobre a Copa do Brasil. Nesta sexta-feira foi realizado o sorteio dos confrontos das quartas de final, no qual definiu o Grêmio como adversário do Verdão.

Não tem planejamento para o adversário. São oito campeões que estão na disputa. Então não tinha quem escolher. Quem viesse iria ser duro”.

A partida de ida já acontece nesta próxima quarta-feira (28), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. Sobre o fato de decidir em casa, Cuca descartou empolgação. “Tanto faz. É indiferente”.

Na última vez que o Palmeiras enfrentou o time gaúcho pela Copa do Brasil, a equipe do Palestra Itália se deu melhor e no fim, acabou como campeão do torneio, em 2012.