Palmeiras recebe Coritiba visando se manter na liderança do Campeonato Brasileiro

Alviverde chega ao duelo buscando alcançar a décima partida de invencibilidade na competição; Coxa, em ascensão no torneio, tenta se afastar ainda mais do temido Z-4

Palmeiras recebe Coritiba visando se manter na liderança do Campeonato Brasileiro
(Foto: Site Oficial / Coritiba)
Palmeiras
Coritiba
Palmeiras: Jailson; Jean, Mina, Vitor Hugo e Zé Roberto (Egídio); Arouca (Thiago Santos), Tchê Tchê e Moisés; Erik (Róger Guedes), Dudu e Gabriel Jesus. Técnico: Cuca
Coritiba: Wilson; Dodô (Walisson Maia), Nery, Juninho (Walisson Maia), Juan (Juninho); João Paulo, Alan Santos, González (Juan) e Yan; Kazim e Evandro (Iago). Técnico: Paulo César Carpegiani
ÁRBITRO: Caio Max Augusto Vieira, auxiliado por Flavio Gomes Barroca e Vinicius Melo de Lima
INCIDENCIAS: Partida válida pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, a ser disputada no Allianz Arena, às 16h, neste sábado (24).

Palmeiras e Coritiba abrem oficialmente a 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, neste sábado (24), às 16h, no Allianz Arena. O alviverde terá a missão de se manter na liderança e, quem sabe, distanciar, dependendo do resultado do duelo entre Flamengo e Cruzeiro, que acontece neste domingo (25), em Cariacica/ES. Já o Coxa, quer continuar subindo na tabela de classificação, abrindo distância da temida zona de rebaixamento.

Na rodada anterior, o Palmeiras enfrentou o Corinthians, que atutou em casa. No entanto, os palestrinos não sentiram a pressão da torcida e venceram o duelo por 2 a 0. O Coritiba desembarcou em Recife/PE, para enfrentar o Sport, na Ilha do Retiro, batendo os mandantes por 1 a 0, com gol de Amaral. O resultado deixou o Coxa na 13ª colocação, somando 33 pontos.

Coritiba e Palmeiras já se enfrentaram no primeiro turno do Brasileirão, mais especificamente na 8ª rodada, no Couto Pereira. Os paulistas venciam a partida por 2 a 1, até os 49 minutos, quando Leandro, emprestado pelo próprio clube palestrino, marcou o gol de empate do Coxa. Naquela ocasião, os visitantes se mantiveram na liderança pelo saldo de gols.

Cuca promove rachão em último treino e mantém mistério no Palmeiras

Nesta sexta-feira (23), o técnico Cuca promoveu o treino que encerrou os preparativos para enfrentar o Coritiba. No entanto, o treinador realizou um rachão e não divulgou, antecipadamente, a equipe titular. Assim, o substituto do volante Gabriel, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, por exemplo, é uma incógnita. O comandante alviverde apenas informou que o zagueiro Edu Dracena e o meia Cleiton Xavier não jogam, por desconforto muscular.

Outra dúvida, fica por parte da lateral. Poupado no meio de semana na Copa do Brasil, Zé Roberto ainda depende de reavaliação médica. Caso não possa jogar, Egídio será o substituto do veterano. Já no meio-campo, Thiago Santos e Arouca surgem como opções na vaga de Gabriel. Cuca ainda poderá usar Allione ou Vitinho, caso opte por um meia de origem.

O certo é que Cuca irá contar com Gabriel Jesus. O atacante, poupado da partida do meio de semana pela Copa do Brasil, além de ter cumprido suspensão contra o Corinthians, entrará em campo 100%, já que entrou longe de suas condições físicas ideais diante do Flamengo, após ter sofrido dores na coxa esquerda frente do Grêmio, dias antes.

"Ele é um jogador diferenciado, importante para nós, mas o time também vive sem ele. O exemplo é sábado passado, contra o Corinthians, o time foi bem sem Gabriel [Jesus] e Vitor Hugo. Temos de falar de quem entrou bem também", disse Cuca.

Capegiani também adota mistério e posicionamento de Juan é indefinida

Paulo César Carpegiani, técnico do Coritiba, também prezou pelo mistério e fechou o treinamento tático aos profissionais da imprensa, que puderam entrar só na parte recreativa. Tudo porque o meia Juan voltou ao time após se recuperar de lesão. Com isso, a presença do camisa 10 irá causar modificações em todo o time, praticamente.

Com a ausência de Raphael Veiga, Juan pode entrar no meio-campo, fazendo com que Juninho seja deslocado para a esquerda. No entanto, o camisa 10 poderá atuar na lateral, visando dar mais velocidade para o time. Caso Carpegiani opte por essa opção, González, que voltou de lesão recentemente, poderá ser usado no meio.

Juninho e Juan foram os escolhidos para a entrevista coletiva antes do embarque para São Paulo. No entanto, os dois atletas não revelaram a escolha de Paulo César Carpegiani. O primeiro afirmou que o treinador usará a mesma tática que vem fazendo nas outras partidas dentro de casa.

"O discurso dele foi o mesmo. Ele falou que o padrão de jogo tem que ser o mesmo que a gente vem fazendo no Brasileiro, dentro e fora de casa, para podermos buscar a vitória. Não adianta mudar o padrão de jogo, sendo que o time ganhou um padrão de jogo no Brasileiro nas últimas rodadas. A gente tem que manter isso, cada dia mais, para poder fazer o nosso papel dentro de campo para poder sair dessa coisa que nos incomoda há muito tempo", disse o zagueiro.