Cuca descarta ‘Jesus dependência’ e enaltece alternativas no elenco

Sem poder contar com o atacante, que serve a seleção brasileira, técnico do Verdão não deu pistas sobre substituto do camisa 33

Cuca descarta ‘Jesus dependência’ e enaltece alternativas no elenco
De bom humor, técnico concedeu entrevista coletiva na Academia de Futebol antes do elenco viajar para Londrina (Foto: Willian Pereira / VAVEL Brasil)

O penúltimo treino do Palmeiras antes da viagem para Londrina, onde a equipe enfrenta o América-MG, no Estádio do Café, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi de mistérios e sem respostas sobre o time titular. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (7), o técnico Cuca também não confirmou quem será o substituto de Gabriel Jesus no ataque e cogitou não contar com outros dois atletas por “não estarem em condições ideais”.

Gosto que o jogador saiba que vai jogar por mim e não pela imprensa. Fizemos um treino técnico na parte em que vocês (jornalistas) estavam aqui. Temos muitos problemas, além de não ter Gabriel e Mina, estamos com problemas com Leandro Pereira e Alecsandro, que não estavam treinando. Fizemos outras composições e vamos escolher o que melhor que temos”, disse.

No entanto, durante a atividade, Alecsandro, que não havia treinado nos últimos dois dias, com dores nas costas, esteve em campo e participou do rachão com os demais atletas. Assim como Leandro Pereira. O técnico também não descartou a possibilidade de mudar o esquema e optar por um meio-campista de criação.

O Cleiton (Xavier) está melhor recuperado, então ele é outra opção boa. Também tenho o Dudu que pode jogar por dentro, ou então colocar algum jogador rápido pelos lados. Também posso contar com o Zé Roberto. São muitas opções”, apontou.

Há vida sem Jesus?

Já negociado com o Manchester City para 2017, Gabriel Jesus é o artilheiro do Palmeiras e do Campeonato Brasileiro, com 11 gols. Questionado sobre o quanto o time perde sem Gabriel Jesus, Cuca descartou qualquer dependência do atacante e aproveitou para enaltecer a força do elenco.

O Gabriel faz falta, mas temos alternativas. Não existe nenhum jogador com as características dele, mas as opções suprem sua ausência. Já tivemos jogos que vencemos sem ele, mas também já perdemos com ele. Não existe uma dependência”.

Vindo das categorias de base do clube, o atacante surgiu no profissional em 2015, após a Copa São Paulo de Futebol Junior. Mas, desde antes já era tratado como grande promessa. Além dele, outros atletas do elenco são crias do Verdão, como Vitinho, João Pedro, Matheus Sales e entre outros. Com isso, a atenção com os jovens talentos que podem surgir se torna peça importante na gestão do técnico.

Observo muito, tanto que eles (atletas da categoria de base) treinam aqui com a gente direto. Estamos sempre observando, mas esse tipo de jogador aparece, não se cria. E quando aparece, valoriza muito o trabalho da base”, ressaltou Cuca.

Atenção redobrada com o América-MG

A delegação embarca para Londrina na manhã deste sábado (8) e na parte da tarde, fará um treino no Estádio do Café, para reconhecer o gramado. Apesar do mando de campo ser do América-MG, a partida deverá contar com diversos torcedores do Palmeiras. Porém, para Cuca, a atenção e o cuidado com o adversário não mudam em nada.

É um jogo muito perigoso, como foi contra o Santa Cruz. Todo cuidado é pouco. Temos que ter muita energia, porque do contrário não consegue. Em jogos assim, é maior a entrega. Cada jogo tem uma dificuldade, ou seja, não tem vida fácil. Temos que trabalhar bastante”, apontou.