Em Araraquara, Palmeiras recebe embalado Cruzeiro visando se manter isolado na liderança

Mesmo jogando a 270km de São Paulo, Verdão contará com apoio maciço de seu torcedor; Arrascaeta volta da seleção uruguaia e vira opção para Mano Menezes

Em Araraquara, Palmeiras recebe embalado Cruzeiro visando se manter isolado na liderança
Foto: Washington Alves/Light Press
Palmeiras
Cruzeiro
Palmeiras: Jailson; Jean, Edu Dracena (Yerry Mina), Vitor Hugo e Egídio; Tchê Tchê, Moisés e Zé Roberto (Gabriel); Róger Guedes, Dudu e Gabriel Jesus. Técnico: Cuca
Cruzeiro: Rafael; Ezequiel, Léo, Bruno Rodrigo e Bryan; Henrique, Lucas Romero, Rafinha, Robinho e Rafael Sobis; Ramón Ábila. Técnico: Mano Menezes
ÁRBITRO: Jailson Macedo Freitas, auxiliado por Alessandro Rocha de Matos e Carlos Berkenbrock.
INCIDENCIAS: Partida válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, a ser disputada no Estádio Fonte Luminosa, em Araraquara/SP.

O complemento da 30ª rodada do Campeonato Brasileiro terá o clássico de descendentes italianos, nesta quinta-feira (13). Palmeiras e Cruzeiro se enfrentam no Estádio Fonte Luminosa, em Araraquara/SP, às 19h30, com promessa de casa cheia, já que todos os ingressos para o duelo foram vendidos.

O líder Palmeiras espera manter os três pontos de distância do vice Flamengo. Na 29ª rodada, o Verdão fez sua parte e venceu o América-MG, por 2 a 0, no Estádio do Café, em Londrina/PR, com gols de Tchê Tchê e Alecsandro. Não foi uma atuação brilhante, mas os paulistas fizeram a "lição de casa".

O Cruzeiro, que enfrentava uma situação muito difícil na competição, conseguiu respirar mais aliviado na tabela de classificação. As duas vitórias consecutivas no Mineirão trouxeram alívio à Raposa. O último triunfo foi contra a Ponte Preta, por 2 a 0, com gols de Ábila e Robinho.

No dia 25 de junho, Cruzeiro e Palmeiras se enfrentaram pela 11ª rodada, no Mineirão. Na ocasião, a Raposa, que ainda era comandada pelo português Paulo Bento, venceu o duelo por 2 a 1, com dois gols de Willian, enquanto Gabriel Jesus descontou para os visitantes.

Palmeiras desembarca em Araraquara motivado pela força da torcida

A partida desta noite não será no Allianz Arena, como de costume, devido a um evento musical. Mas isso não significa que o Palmeiras irá atuar longe do seu torcedor. Araraquara irá sediar o clássico "italiano". E o Estádio da Fonte Luminosa irá receber um belo público, já que teve os ingressos esgotados.

Motivação extra para os jogadores que, além de defenderem a liderança do Brasileirão, terão a responsabilidade de agradar a, pelo menos, 16 mil palestrinos. A recepção da torcida ao Palmeiras já deu sinais de como será o duelo desta noite. O atacante Alecsandro, por exemplo, aprovou as boas-vindas.

"Ficamos felizes com mais essa recepção calorosa. Sabemos que a torcida do Palmeiras sempre lota os estádios. É como se estivéssemos em casa. Expectativa de fazer um bom jogo e pontuar. Vamos ter um estádio lotado, e os torcedores vão poder assistir a uma grande partida", declarou.

E para contar com todo o time titular, o "famoso" jatinho do presidente Paulo Nobre entrou em ação. A bordo, o zagueiro Mina, que estava defendendo a Colômbia, nas Eliminatórias da Copa 2018. O defensor é esperado na concentração no período da tarde.

Gabriel Jesus, principal nome do time na temporada, já está em Araraquara pronto para entrar em campo. O atacante, que estava com a seleção brasileira em Venezuela, desembarcou em São Paulo nesta quarta-feira (12) e foi direto para o interior paulista.

Cruzeiro não quer desperdiçar oportunidades contra o líder

A partida desta noite promete ser uma das mais duras para o Cruzeiro na temporada. Não que isso seja ruim. Pelo contrário. Para o atacante e artilheiro do time no Brasileirão, Ramón Ábila, um duelo de grande porte dará motivação para os jogadores, que precisam aproveitar as oportunidades que surgirem durante os 90 minutos.

"Um jogo lindo para se jogar. Quando se tem a possibilidade de enfrentar times que estão acima na tabela é bom. Será um jogo difícil. Temos que ter aplicação, cuidado e paciência para jogar bem a partida durante os 90 minutos, converter as situações que criarmos e aproveitar a oportunidade para buscarmos mais tranquilidade e confiança. Uma grande partida como esta se define nos detalhes", declarou o camisa 50.

Mano Menezes manteve o mistério na Toca da Raposa II, fechando os treinos à imprensa em algumas ocasiões. Mas sabe-se que Lucas Romero será o titular desta noite, no lugar de Ariel Cabral. A atuação de Romero contra a Ponte Preta foi um dos motivos que levaram o treinador optar pelo camisa 29.

Quem está de volta ao elenco é Arrascaeta. O meio-campo, que defendeu o Uruguai nas Eliminatórias da Copa 2018, se juntou aos demais companheiros da Raposa nesta quarta-feira. No entanto, Rafinha irá permanecer na titularidade, em razão das boas atuações contra o Grêmio e Ponte Preta.