Fabiano festeja vitória e chance como titular, mas alerta: "Não tem nada ganho"

Lateral ganhou oportunidade após Zé Roberto ser cortado por desgaste; Moisés destaca jogo "inteligente"

Fabiano festeja vitória e chance como titular, mas alerta: "Não tem nada ganho"
Com desfalque de Zé Roberto, Fabiano ganhou vaga no time titular após Jean ser deslocado para jogar no meio (Foto: César Greco / Palmeiras)

Além da vitória do Palmeiras sobre o Figueirense neste domingo (16), por 2 a 1, o lateral direito Fabiano teve outro motivo para comemorar. O jogador de 24 anos ganhou uma oportunidade como titular na partida, após o experiente Zé Roberto ser cortado minutos antes do jogo por desgaste muscular. Com isso, o titular Jean foi deslocado para meio campo e Fabiano foi o escolhido para entrar jogando.

"Agradecer a Deus, porque foi um jogo difícil fora de casa. Conquistamos uma vitória importante, mas temos de manter os pés no chão porque faltam sete jogos para o fim do campeonato", declarou.

Esta foi a sexta atuação do atleta com a camisa do Palmeiras desde que chegou ao time paulista, em maio deste ano. O jogador veio por indicação do técnico Cuca, envolvido em uma negociação com a equipe celeste. Durante o período no clube, Fabiano foi alvo de diversas críticas, comentários estes que foram reconhecidos pelo lateral após o jogo.

"Sei do questionamento, sei que estava abaixo do que poderia ajudar. Fiz uma partida sólida para ajudar a equipe. Continuo trabalhando”, admitiu.

Fabiano também se mostrou cauteloso em relação ao título. Com a vitória, o Palmeiras abriu quatro pontos de diferença do Flamengo.

A gente sabe que a torcida está esperando esse título há anos, mas sabemos que não tem nada ganho. Vamos manter os pés no chão para conquistar o nosso objetivo final", afirmou.

Moisés destaca “jogo inteligente”

Após o jogo, quem também comemorou a atuação do time foi o meio-campista Moisés, que também agradeceu a torcida palmeirense que compareceu ao Orlando Scarpelli.

Nada como um jogo após o outro, sabíamos da pressão que tínhamos para ganhar aqui, muitos achando que o Palmeiras ia tropeçar. Fizemos um grande jogo, inteligente, respeitando o Figueirense, que está brigando para não cair. Então foi um jogo muito difícil. Todos estão de parabéns. O grupo e esta torcida, pelo apoio que nos deu. E vamos firme, não tem nada ganho”, disse.

O Palmeiras volta a campo nesta quarta-feira (19), às 21h45 (de Brasília) para enfrentar o Grêmio, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil.