Decisivo em penalidades, Vinicius pode ganhar primeira chance no time profissional do Palmeiras

Goleiro, que está no Verdão desde os 12 anos de idade, foi destaque nas categorias de base e já coleciona defesas de pênaltis em decisões

Decisivo em penalidades, Vinicius pode ganhar primeira chance no time profissional do Palmeiras
Pela primeira vez, Vinicius pode defender o gol do Palmeiras como atleta profissional (Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Ser goleiro do Palmeiras e chamar a atenção por defender pênaltis. Características bem familiares para os palmeirenses. Principalmente se tratando de um clube que está acostumado a revelar grandes promessas no gol em sua conceituada Academia de Goleiros. Mas, entre tantos jovens que já defenderam a meta do Verdão, um deles tem ganhado bastante a atenção da comissão técnica: Vinicius Silvestre.

Fisicamente ele é o maior goleiro do elenco, e também o mais jovem. São 1,95 cm de altura e 22 anos de idade. Está no Palmeiras desde os 12. Cresceu, literalmente, vestindo o verde e branco. Para quem gosta de coincidências, ele nasceu no dia 28 de março de 1994, data do último título Campeonato Brasileiro do Palmeiras.

Em toda sua caminhada pelas categorias de base, ele coleciona grandes defesas, jogos memoráveis e títulos. Mas, tão importante quanto tudo isso, Vinicius pode acrescentar algo a mais em sua carreira neste final de semana. Obra do destino ou apenas – mais uma - coincidência, dos três goleiros que estão à sua frente em uma escala hierárquica, dois deles não estão aptos para atuar: Fernando Prass, lesionado; e Jaílson, suspenso. O outro, Vagner, não agradou quando foi utilizado. Por isso, a jovem promessa do Palmeiras pode ser titular no clássico contra o Santos, neste sábado (28), na Vila Belmiro.

O técnico Cuca ainda não confirmou, mas elogiou. “Ele tem treinado bem. Nessa ocasião, eu escuto muito o preparador de goleiros, que trabalha com eles todos os dias. Temos que ouvir o Oscar para ver quem está mais pronto”, disse.

O Oscar em questão é Rodriguez, que está no clube desde 2014. É com ele que Vinicius faz os trabalhos intensos todos os dias na Academia de Futebol. Os setoristas que estão ali todo o dia, certamente ouvem os constantes “Boa, garoto”, a cada defesa nos treinamentos.

Fã de Marcos e defensor de penalidades

Vinicius nasceu em Guarulhos (SP), tem como principal referência o ídolo palestrino Marcos e assim como outros atletas que chegaram a defender o rival na infância, o goleiro teve uma passagem pela base do Corinthians. Chegou ao Palmeiras em 2006, mas foi a partir de 2011 que começou a ganhar destaque.

Na Copa Rio Sub-17 daquele ano, foi decisivo ao defender um pênalti na final contra o Botafogo e o Verdão acabou ficando com o título. A partir daí, Vinicius passou a chamar a atenção nas penalidades máximas.

Em 2013, voltou a brilhar durante a campanha do Campeonato Brasileiro Sub-20. Na semifinal contra o Grêmio, defendeu o pênalti que levou o Palmeiras para a final do torneio. O goleiro ainda salvou pênaltis ao longo da Copa do Brasil Sub-20 e no Brasileiro Sub-20 do ano seguinte, em 2014.

Os bons rendimentos na base fizeram de Vinicius um jogador de seleção e por diversas vezes, foi convocado para integrar a Seleção Brasileira Sub-15.