Vindo de três vitórias seguidas, Paraná busca vaga no G-4 diante do embalado Avaí

Equipes não perdem a quatro jogos e, enquanto o Tricolor quer vaga no grupo de acesso, Leão quer continuar subindo na tabela da Série B

Vindo de três vitórias seguidas, Paraná busca vaga no G-4 diante do embalado Avaí
Técnicos vão apostar em manutenção dos times titulares (Foto: Jamira Furlani/Avaí FC)
Paraná
Avaí
Paraná: Marcos; Diego Tavares, Pitty, Alisson, Rafael Carioca; Basso, Fernandes, Murilo Rangel, Válber; Robson, Lúcio Flávio. Técnico: Marcelo Martelotte
Avaí: Renan; Alemão, André Santos, Gabriel, Capa; Judson, Luan (Caio César), Renato, Diego Jardel; Rômulo, William. Técnico: Silas
ÁRBITRO: Renan Roberto de Souza, que será auxiliado por Oberto Santos da Silva e José Maria de Lucena Netto, todos de PB
INCIDENCIAS: 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2016, no Estádio Durival de Britto, em Curitiba, PR; a partida começa às 19h15

Vindo de bons resultados na Série BParaná Avaí desafiam suas sequências para continuar subindo na tabela. Enquanto o Tricolor venceu as últimas três partidas, duas delas fora de casa, e entra no G-4 pelo menos provisoriamente se vencer o jogo nesta terça-feira (5), o Leão vem de duas vitórias diante de seu torcedor e quer continuar se afastando da parte de baixo para voltar a sonhar com acesso.

Na história, Paraná e Avaí se enfrentaram 13 vezes e a vantagem é grande para os catarinenses: seis vitórias, contra duas dos paranistas e cinco empates. Em 2014, última vez que se enfrentaram, o jogo terminou 1 a 1 em Curitiba, com gols de Jean e Marquinhos. Na capital paranaense foram seis jogos e a vantagem também é do Leão: três vitórias, dois empates e somente uma vitória do Tricolor.

Martelotte quer mudar o mínimo possível para vencer diante da torcida

Após um começo irregular de Série B, o Paraná conseguiu engatar uma sequência importante para se aproximar do G-4. Após vencer o Joinville, em casa, e o líder Vasco, no RJ, o Tricolor bateu o Bragantino, fora de casa, por 1 a 0, e subiu para o 5º lugar, com 23 pontos, dois atrás do CRB, 4º colocado.

Em relação à rodada anterior, o técnico Marcelo Martelotte deve fazer apenas uma alteração. O zagueiro Leandro Silva está suspenso pelo terceiro amarelo e será substituído por Pitty. O treinador quer dar a maior continuidade possível para o time titular para continuar com a boa sequência.

"Nessa situação deve ser a troca simples do Leandro pelo Pitty, até para mudarmos o mínimo possível na equipe. Neste momento que as coisas vão se encaixando e o resultado vem aparecendo a gente vai trabalhando no sentido de manutenção, mas entendendo que o campeonato vai nos obrigar sempre a fazer mudanças de jogo a jogo. Essa saída do Leandro é natural dentro de um campeonato difícil como esse", explicou.

Martelotte, agora que o time vem mostrando bons resultados, espera apoio da torcida do Paraná na partida diante do Avaí. A média de público da equipe é de 2.577 pagantes por jogos, apenas a 14ª no ranking da Série B.

"O torcedor vai dar uma resposta positiva diante desse resultados que melhoraram e nos levaram a uma briga direta pelo G-4. Vamos deixar essa média, que não é tão boa, para trás. Tenho certeza que daqui para frente, com uma posição melhor, o torcedor vai comparecer. Que ele nos ajude durante os 90 minutos. O que eu peço é que ele apoie. Se tiver que cobrar, que seja depois. É um momento positivo e a gente só vai ter condições de brigar realmente pelo que queremos se formos fortes em casa. E, para isso, precisamos do apoio da nossa torcida", disse.

Além de Leandro Silva, suspenso, o Paraná ainda tem os desfalques do zagueiro João Paulo, dos volantes Jean, Anderson Uchôa e Lucas Otávio, além do meia Nadson, todos fora por contusão.

Silas quer primeira vitória fora de casa para aumentar confiança

A vitória diante do líder Vasco por 2 a 1 na Ressacada, trouxe novamente a confiança para a Ressacada. Depois do Avaí passar seis jogos sem vencer, agora o time acumula quatro jogos de invencibilidade, incluindo duas vitórias em sequência pela primeira vez na Série B. Com 18 pontos, o Leão ocupa o 13º lugar e este jogo pode determinar qual será o objetivo do clube na sequência do campeonato, já que o time está sete pontos atrás do G-4 e sete a frente do Z-4.

Após conseguir uma boa sequência, o técnico Silas espera que o time consiga a primeira vitória fora de casa sob seu comando. A última vitória fora de casa do Avaí foi contra o Guarani de Palhoça, em 29 de fevereiro, pelo primeiro turno do Campeonato Catarinense.

"A gente vai precisar ganhar fora de casa se quiser alcançar nosso objetivo principal. Perdemos em casa, para o Joinville. Mas o fundamental é que a ansiedade está mudando, agora é a ansiedade visando subir, não aquela pesada, que te tira o sono e que atrapalha. Buscamos o equilíbrio fora de casa e precisamos pontuar com vitória", ressaltou.

Em relação a partida anterior, Silas não poderá contar com Jajá, que não viajou por conta de desgaste. Luan ou Caio César, que não estavam disponíveis contra o Vasco brigam pela sua vaga. O lateral João Paulo, os volantes Braga, Lucas de Sá e Rafinha, o meia Marquinhos e o atacante Romarinho continuam se recuperando de lesão.