Paraná se recupera, supera Luverdense e garante mais uma rodada no G-4

Tricolor fez 2 a 0, voltou a vencer após duas derrotas consecutivas e subiu provisoriamente para o 3º lugar; LEC pode terminar rodada no rebaixamento

Paraná se recupera, supera Luverdense e garante mais uma rodada no G-4
Vitor Feijão marcou o primeiro da partida no Durival Britto (Foto: Divulgação/Paraná Clube)
Paraná
2 0
Luverdense
Paraná: Richard; Cristovam, Iago Maidana, Eduardo Brock, Rayan; Vinícius Kiss, Gabriel Dias (Leandro Vilela, min. 19/2º); João Pedro (Zezinho, min. 33/2ºt), Renatinho, Vitor Feijão (Alemão, min. 36/2ºt); Robson. Técnico: Matheus Costa
Luverdense: Diogo Silva; Aderlan, Pablo, William, Paulinho; Ricardo; Douglas Baggio (Rafael Silva, min. 12/2ºt), Moacir (Alaor, min. 15/2ºt), Sérgio Mota, Rafael Ratão; Alfredo (Léo Cereja, min. 24/2ºt). Técnico: Júnior Rocha
Placar: 1-0, min. 17/1ºt, Vitor Feijão. 2-0, min. 31/2ºt, Robson
ÁRBITRO: Bruno Arleu de Araújo, auxiliado por Luiz Claudio Regazone e Eduardo de Souza Couto, todos do RJ. Amarelos: Renatinho (PAR); Douglas Baggio, Pablo (LUV)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2017, no Estádio da Vila Capanema, em Curitiba, PR. Público: 12.203 pagantes | 13.038 presentes; Renda: R$ 196.885,00

Depois de passar dias de dúvida por conta de duas derrotas em sequência, Paraná se reabilitou na Série B e bateu o Luverdense por 2 a 0. Vitor Feijão e Robson marcaram os gols da vitória paranista, que continua no G-4 há apenas três rodadas do fim da competição.

Com 59 pontos, o Paraná ultrapassa provisoriamente o Ceará, sobe para o terceiro lugar e abre dois pontos para o Oeste, 5º colocado. Já o Luverdense para nos 40, em 16º, e torce contra o Boa Esporte, que recebe o Santa Cruz neste sábado (11), para se manter fora do Z-4.

Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira (14), às 21h30 (horário de Brasília). O Paraná viaja até Pernambuco para enfrentar o Santa Cruz, enquanto o Luverdense joga diante de seu torcedor em confronto direto contra o Boa Esporte

Paraná sai na frente em primeiro tempo movimentado

No primeiro minuto da partida, Sérgio Mota testou o goleiro chutando de fora da área e a bola quicou, mas Richard caiu no canto e colocou para escanteio. A primeira etapa em Curitiba teve 16 finalizações - nove a sete em favor do Luverdense -, poucas faltas e muita movimentação.

Com alterações em seu time titular, o Paraná teve o domínio no início da partida e pressionou tentando sair à frente do placar. Aos 11, Robson, deslocado para a função de atacante mais avançado, fez jogada individual pela esquerda, foi travado, e a bola sobrou para Renatinho, que chutou no canto, mas Diogo Silva segurou. 

Aos 16, Robson recebeu lançamento pela direita, ajeitou e Cristovam bateu cruzado para segunda trave, onde Vitor Feijão apareceu livre para completar de carrinho para o gol e fazer 1 a 0. Após o gol paranista, o Luverdense retomou a posse de bola - terminou com 67% -, e os mandantes apostaram na velocidade para tentar ampliar.

Em nova tentativa de fora da área aos 22, Sérgio Mota bateu forte e acertou a travessão. No rebote, Rafael Ratão limpou na entrada da área e arriscou chute rasteiro no canto, mas Richard segurou em dois tempos. Aos 30, após grande arrancada pela esquerda, Renatinho foi à linha de fundo e cruzou rasteiro para trás, onde João Pedro chegou batendo de primeira, carimbando a trave do Luverdense.

Já aos 40, na cobrança de escanteio de João Pedro, Maidana apareceu por trás da defesa e mandou de cabeça na trave direita. Apesar da busca do Luverdense com troca de passes para tentar encontrar espaço, o Paraná conseguiu se manter bem postado na defesa e garantiu a vantagem para o intervalo.

Robson resolve e Paraná volta a vencer

O Luverdense conseguiu manter a mesma posse de bola da primeira etapa, mas teve maiores dificuldades para criar oportunidades. As alterações do técnico Júnior Rocha foram sempre em busca de aumentar a ofensividade dos visitantes, que sempre se mantiveram próximos da área paranista, mas sem realmente criar oportunidades.

Enquanto isso, o Paraná, mesmo constantemente vivendo com o LEC rondando a sua área, conseguiu criar chances. Aos 11, em cobrança de falta de longe, Brock bateu forte no canto, Diogo Silva teve dificuldades para segurar, mas se recuperou antes da chegada de Vitor Feijão e agarrou firme. Seis minutos depois, após boa troca de passes, Vitor Feijão tocou para Gabriel Dias, que apareceu com espaço dentro da área e bateu cruzado, mas pegou mal e mandou à direita do gol. 

Mesmo ocupando mais o território rival, o Luverdense foi castigado por seus erros. Aos 31, em jogada que começou com roubada de bola na esquerda por Vitor Feijão, Renatinho recebeu dentro da área e assistiu Robson, que apareceu livre na pequena área e completou sua boa atuação com um gol para fazer 2 a 0.

Na reta final, o Luverdense tentou em finalizações de longe voltar para a partida. Na mais perigosa delas, aos 39, Rafael Silva recebeu de Paulinho, arriscou de fora da área e, após desvio de Maidana, a bola passou rente a trave esquerda de Richard. No fim, o Paraná reencontrou a tranquilidade para tentar garantir o retorno à Série A após 10 anos na Segunda Divisão.