Próximo de retorno à elite, Paraná mede forças com CRB no Rei Pelé

Time alagoano está livre do rebaixamento. Enquanto para o Paraná, só a vitória interessa na luta pelo acesso

Próximo de retorno à elite, Paraná mede forças com CRB no Rei Pelé
Paraná está muito perto da primeira divisão (Foto: Robson Mafra / Paraná Clube)
CRB
Paraná
CRB: Edson Kolln; Marcos Martins, Flávio Boaventura, Audálio e Diego; Yuri, Rodrigo Souza, Edson Ratinho, Chico e Tony; Zé Carlos. Técnico: Mazola Júnior.
Paraná: Richard; Cristovam, Maidana, Brock e Rayan; Gabriel Dias, Vinícius Kiss e Renatinho; Vitor Feijão, Robson e Alemão. Técnico: Matheus Costa.
ÁRBITRO: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 37ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, à ser realizado no Estádio Rei Pelé, em Alagoas.

Enquanto algumas equipes já não tem mais pelo que lutar na Série B do Campeonato Brasileiro, outras ainda lutam pelo acesso para a primeira divisão do futebol nacional. É o caso do Paraná, que encara o CRB nesse sábado (18), às 17h30 (Brasília), no Rei Pelé, em Alagoas, pela 37ª rodada da competição. No primeiro turno, vitória dos paranaenses por 4 a 1.

O CRB viveu momentos distintos no campeonato. Enquanto em uma parte da competição, o time tinha o acesso como meta, a péssima campanha no segundo turno fez com que o fantasma do rebaixamento aparecesse. Apesar disso, mesmo com duas rodadas de antecedência, o time agora se vê livre de qualquer risco de queda.

Encarando o Santa Cruz, time já rebaixado na competição e com grave crise financeira, inclusive com ameaça de greve, o Paraná perdeu grande oportunidade de praticamente garantir o acesso. Mesmo assim, a situação do time ainda é confortável e em caso de vitória dele e tropeços de Londrina e Oeste, o time voltará a elite.

O alívio chegou. Mesmo sem entrar em campo, o CRB viu o Luverdense empatar com o Guarani e ser rebaixada matematicamente. Com isso, o time se garantiu mais uma vez na disputa da segunda divisão, com 45 pontos, contra 41 do time mato-grossensse. No ano que vem, o time espera que essa situação não se repita, pelo contrário, quer o time brigando pelo acesso.

Visando o jogo contra o Paraná, antes mesmo de saber se ainda precisaria vencer, o técnico Mazola Júnior preparou o time alagoano com algumas dúvidas, causadas por problemas no departamento médico. Enquanto Olívio se recupera de lesão na coxa esquerda e tem muitas chances de retornar no sábado (18), Danilo Pires dificilmente retornará.

Outras ausências são de Adalberto e João Paulo Penha, que suspensos pelo terceiro cartão amarelo, podem ter feito sua última partida no ano, na vitória contra o Goiás na última partida, já que por ter se livrado, não é garantia que Mazola use força máxima no encerramento da Série B, contra o América-MG.

Sendo assim, o CRB deve ir a campo com: Edson Kolln; Marcos Martins, Flávio Boaventura, Audálio e Diego; Yuri, Rodrigo Souza, Edson Ratinho, Chico e Tony; Zé Carlos.

Paraná brigando por acesso

No jogo contra o Santa Cruz, a torcida paranista esperava que seu time vencesse um adversário fragilizado pelo rebaixamento. Mas a péssima atuação da equipe, que esteve bem perto de perder, inclusive, fez com que o técnico Matheus Costa não poupasse críticas, além de deixar a entender que fará mudanças na equipe titular para o confronto contra o CRB.

"Está muito cedo para falar, temos que ver a situação individual de cada um, mas existe a possibilidade a partir do momento que não fazemos um bom jogo, abrem-se opções para a próxima partida. Não quero me precipitar, falar de uma forma precoce, mas estamos com 22 atletas e temos que ver se todos vão ter condições", disse após o empate.

Mas nessa sexta (16), o técnico confirmou que haverão sim mudanças no time, mas não confirmou quais, inclusive citando que as alterações mudarão a estratégia da equipe em relação aos últimos jogos realizados. Além disso, ele destacou a importância de ficar tranquilo mentalmente para vencer o jogo.

"Vamos fazer alterações pensando estrategicamente na partida. Não vou divulgar com antecedência, mas é se preparar da melhor forma possível para conquistar a vitória".

"Tivemos dificuldades no jogo contra o Santa Cruz, mas agora é pensar que faltam dois jogos e só depende de nós. É se preparar bem, principalmente mentalmente, e conquistar uma vitória, que pode nos colocar no acesso dependendo dos outros resultados", finalizou.

Apesar do mistério, o provável time do Paraná é: Richard; Cristovam, Maidana, Brock e Rayan; Gabriel Dias, Vinícius Kiss e Renatinho; Vitor Feijão, Robson e Alemão.