Paysandu desperdiça chances contra Londrina e acumula quarto empate sem gols consecutivo

Papão perdeu claras oportunidades, errou pênalti e segue próximo da zona de rebaixamento; Tubarão segue no meio da tabela de classificação

Paysandu desperdiça chances contra Londrina e acumula quarto empate sem gols consecutivo
(Foto: Fernando Torres/Paysandu)
Paysandu
0 0
Londrina
Paysandu: Emerson; Edson Ratinho, Fernando Lombardi, Gilvan e Lucas; Ricardo Capanema, Jhonnatan e Rafael Costa (Celsinho, min. 70); Ruan (Tiago Luís, min. 57), Betinho (Leandro Cearense, min. 86) e Maílson. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.
Londrina: Marcelo Rangel; Lucas Ramon, Luizão, Matheus e Léo Pelé; Germano, Rafael Gava (Paulinho Moccelin, min. 79), Igor Miranda (Jumar, min. 63) e Zé Rafael (Netinho, min. 63); Itamar e Jô. Técnico: Cláudio Tencati.
ÁRBITRO: Grazianni Maciel Rocha (RJ), auxiliado por Andréa Izaura Maffra Marcelino de Sá (Aspirante FIFA/RJ) e Patrícia Silveira de Paiva Retondário da Silva (Aspirante FIFA/RJ) | Cartões amarelos: Luizão (LON, min.15), Jô (LON, min. 21), Maílson (PAY, min. 30), Léo Pelé (LON, min. 31), Jumar (LON, min. 67) e Celsinho (PAY, min. 91)
INCIDENCIAS: Partida válida pela rodada 15 do Campeonato Brasileiro da Série B, realizada na noite deste sábado (09), no Estádio da Curuzu, em Belém/PA.

O que o torcedor do Paysandu mais queria fazer na noite deste sábado era dar um simples e costumeiro grito de gol. Apesar do time estar há um bom tempo sem sofrer derrotas, o bicolor não consegue assinalar tentos para obter resultados ainda mais positivos. E, por mais que existissem chances, o panorama não mudou. Em jogo realizado no Estádio da Curuzu, em Belém/PA, Paysandu e Londrina ficaram no empate sem gols. O jogo foi válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2016.

Com o resultado, o Papão chega ao quarto empate sem gols consecutivo e ainda não atingiu a meta de deixar a zona de rebaixamento para trás. Pelo contrário, o time caiu para a 15ª posição, com 19 pontos. Por outro lado, o Londrina chegou ao terceiro jogo sem perder e permanece no meio da tabela, no 10º lugar, com 21 pontos somados.

A próxima rodada será realizada no decorrer da semana, e os clubes não têm tempo para descanso e voltam a entrar em campo na noite da terça-feira (12). O Londrina enfrenta o Atlético-GO no Estádio Serra Dourada, em Goiânia/GO, às 19h15; enquanto o Paysandu mede forças contra o Paraná Clube às 21h30 no Durival de Britto, a Vila Capanema, em Curitiba/PR.

Paysandu tem melhores chances em primeiro tempo equilibrado

O jogo como um todo foi bom de acompanhar. Foram registradas boas oportunidades na partida, principalmente no primeiro tempo. O Paysandu quis fazer valer o mando de campo, mas o Londrina não ficou completamente atrás e também teve seus momentos de perigo. O primeiro bom momento da partida aconteceu aos oito minutos, quando Ricardo Capanema tentou pela direita, mas a defesa travou. Na sobra, Lucas passou a bola em frente ao gol, mas todos apenas observaram.

A resposta veio aos nove minutos. Os jogadores do Londrina recuperaram a bola na entrada da área e Jô arriscou, mas o goleiro Emerson afastou e a defesa bicolor tirou a bola da área em seguida. O jogo era movimentado, com lances disputados de forma intensa no meio de campo. O jogo caiu um pouco de qualidade técnica, mas voltou a ficar movimentado aos 27. Depois de cobrança de falta executada na entrada da área, Emerson espalmou para a linha de fundo.

Os donos da casa voltaram a oferecer perigo aos 32 minutos. Após desvio do ataque dentro da área, o arqueiro Marcelo Rangel foi obarigado a fazer boa defesa para evitar o gol mandante. Dois minutos depois, após jogada iniciada no setor defensivo, Maílson arrancou em velocidade e chutou. A bola bateu na trave. Aos 47, Ruan avançou pelo meio da área depois de ser acionado por Edson Ratinho, mas a finalização passou por cima da meta.

Paysandu perde pênalti, claras chances e fica no zero

No segundo tempo, o Paysandu adotou uma postura mais ofensiva, determinado a tirar o zero e voltar a ser eficiente no ataque. Aos quatro minutos, após levantamento na área, Maílson fica com a sobra, mas finaliza mal. O Londrina não conseguia trocar passes com precisão e era encurralado no campo de defesa, mas os donos da casa evidenciaram a falha na pontaria. Aos 14, Maílson fez bela jogada individual, passou por três marcadores e entrou na área, mas a finalização foi por cima.

Os treinadores das duas equipes realizaram modificações e, semelhante ao acontecido no primeiro tempo, o jogo caiu derendimento e ficou muito preso no meio de campo. Aos 29, o Paysandu teve excelente oportunidade de sair do zero. Matheus colocou a mão na bola e a arbitragem assinalou penalidade máxima. Porém, na cobrança, Betinho bateu no meio do gol e o goleiro Marcelo Rangel fez a defesa.

A perda do pênalti desanimou os donos da casa, que não conseguiram ser mais criativos no ataque. Porém, os chutões dados no meio de campo não permitiram a criação de lances de risco. Os dois times tentaram finalizar na reta final, principalmente depois dos acréscimos, mas não foram eficazes para tirarem o zero do marcador.