Paysandu surpreende Criciúma fora de casa e volta a vencer após nove jogos na Série B

Papão executou de maneira eficiente estratégia de esperar o adversário e um de seus gols nascem de contra-ataque; Tigre cai uma posição com a derrota

Paysandu surpreende Criciúma fora de casa e volta a vencer após nove jogos na Série B
Foto: Caio Marcelo/www.criciuma.com.br
Criciuma
0 3
Paysandu
Criciuma: Luiz (Edson 45'); Ricardinho, Raphael Silva, Diego Giaretta, Marlon (Miltinho 61'); João Afonso, Douglas Moreira, Elvis, Juninho (Andrew 45'); Gusato, Roberto.
Paysandu: Emerson; Roniery, Fernando Lombardi, Gilvan, João Lucas; Ricardo Capanema, Augusto Recife, Lucas, Jhonnatan (Domingues 72'); Tiago Luis (Celsinho 81'), Alexandro (Leandro Cearense 77').
Placar: 0-1, min. 27, Lucas. 0-2, min. 60, Tiago Luis. 0-3, min. 45+1, Leandro Cearense.
ÁRBITRO: Pablo dos Santos Alves (PB), auxiliado por Luis Filipe Gonçalves Correa (PB) e Oberto Santos da Silva (PB). Amarelos: Alexandro 35', Augusto Recife 67', Ricardo Capanema 79'
INCIDENCIAS: partida válida pela 19ª rodada da série b do campeonato brasileiro 2016, jogado no heriberto hulse, em criciuma, santa catarina.

Jogando pela última rodada do primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro 2016 (19ª rodada), o Criciúma recebeu o Paysandu na noite desta terça-feira (2), no Heriberto Hülse. Sem treinador, o Papão venceu a partida por 3 a 0, com gols de Lucas, Leandro Cearense e Tiago Luis, sendo este segundo uma pintura. Visitantes ainda perderam pênalti na metade da segunda etapa, onde Edson fez a defesa no chute de Alexandro.

Depois da vitória, o Paysandu subiu para a 10ª posição da tabela de classificação, chegando aos seus 25 pontos. O Criciúma cai uma colocação e agora se encontra em oitavo com um ponto a mais. Na próxima semana, o Tigre viaja para Recife para enfrentar o Náutico no próximo dia 20, enquanto que o Papão recebe o Ceará quatro dias antes. 

Criciúma é melhor na primeira etapa, mas Paysandu abre placar em contra-ataque

Apesar de jogar fora de casa, o Paysandu chegou primeira com mais perigo na fase inicial. Tiago Luis recebeu no meio da área, tentou avançar e chutar para o gol quando a bola se afastou do atleta, se jogando na redonda. Acabou se chocando com o goleiro adversário aos seis minutos e o jogo foi paralisado pela primeira vez. Aos 15 minutos, o time paraense continuou insistindo e Lucas tentou arriscar de fora, mas a bola vai para fora. 

Depois desse momento inicial dos visitantes, o Criciúma conseguiu sair mais para o jogo, se aproximando da área do adversário e conseguindo trocar passes por lá, mas sem invadi-la. Elvis tabela com Roberto e chuta para o gol, porém a bola desvia no momento certo para ir para fora. Aos 28 minutos, contudo, o Paysandu conseguiu abrir o placar num contra-ataque. Lucas aproveitou erro da defesa e bateu para o gol, vencendo Luiz e dando a vantagem ao time do Pará. 

Após o gol, o Criciúma não se abateu e continuou indo para cima do Paysandu, mas ainda sem chance de penetrar na defesa posta pelo adversário. Essa falta de oportunidade custou caro ao time da casa na primeira fase, principalmente depois do tento sofrido, que fez com que o Papão ficasse cada vez mais alerta na defesa, tendo à mercê os contragolpes. 

Paysandu marca segundo gol, perde pênalti e segura Criciúma

Com a volta das equipes ao gramado do Heriberto Hülse, o time da casa voltou com duas alterações, mudando inclusive o goleiro, que havia sentido na fase inicial do jogo em choque com Tiago Luis no começo do jogo. Com as alterações, veio a mesma vontade que tinha até antes do intervalo que o Criciúma tinha, buscando o empate na frente da sua torcida. 

Contudo, a empolgação acabou custando caro novamente. Tiago Luis cobrou falta de muito longe, mandando no ângulo de Edson, tirando toda e qualquer chance de defesa com a curva que a bola foi fazendo no caminho, ampliando a vantagem do Paysandu. Logo após o tento, Miltinho entrou no jogo, pra ter como primeira participação uma cobrança de falta também de longe aos 18 minutos, mas mandando por cima do gol. 

Com 20 minutos, os visitantes tiveram um pênalti para cobrar. Contudo, Alexandro acabou perdendo a chance de definir a partida ainda na metade do segundo tempo, sendo Edson que fez uma bela defesa. Aos 30 minutos, Gustavo acertou uma cabeçada certeira depois de vencer no alto, mas acabou mandando na trave a chance de diminuir da equipe. Três minutos depois, após confusão e cruzamento na área, a bola desvia em atacante dos donos da casa, mas vai para fora. Já nos acréscimos da segunda etapa, Leandro Cearense matou o jogo: em contra-ataque, recebeu na entrada da área, avançou e tocou na saída do goleiro.