Após empate, dirigente da Ponte Preta critica arbitragem: "Indignação e vergonha"

Gustavo Bueno, gerente de futebol da macaca, dispara contra arbitragem e garante representação contra árbitro na CBF

Após empate, dirigente da Ponte Preta critica arbitragem: "Indignação e vergonha"
Gustavo Bueno, gerente de futebol da Ponte Preta (Foto: Divulgação / Ponte Preta)

Na manhã deste domingo (24) a Ponte Preta recebeu o Internacional no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, e ficou no empate em 2 a 2 contra a equipe gaúcha. O resultado, no entanto, envolveu grandes polêmicas por parte da arbitragem, o que gerou revolta aos pontepretanos.

As reclamações por parte dos campineiros se baseiam em duas penalidades não assinaladas a favor da Macaca, além de um gol legítimo não assinalado pela arbitragem. Após a partida o gerente de futebol da Ponte Preta, Gustavo Bueno, fez duras críticas á atuação da equipe de arbitragem.

"Indignação e vergonha do que houve aqui. Em nenhum momento julgarei a idoneidade. Mas não pode na mesma partida deixar de dar dois pênaltis claros e um gol legal. Se não fosse o bandeira, o Fernando Bob seria expulso. O sentimento é de indignação e o porque? A Ponte foi superior com todo o respeito ao Inter não podemos justificar o empate, mas é vergonhoso", disse Bueno.

O dirigente pontepretano ainda afirmou que o clube irá entrar com uma representação na CBF contra o árbitro carioca Leonardo Cavaleiro, para que não trabalhe mais em partidas da Macaca no Campeonato Brasileiro.

"Entraremos com uma representação na CBF e não queremos que ele apite mais jogo da Ponte. No intervalo, foram falar com ele e ele virou as costas. A Ponte dentro do que pode tomará medidas cabíveis. Mas isso não dará a nossa oportunidade de ganhar o jogo", acrescentou o gerente de futebol.

Bueno ainda questionou a falta de critérios dos árbitros na competição, relembrando o gol sofrido pela equipe na partida diante do Flamengo em lance semelhante ao gol não validado na partida deste domingo.

"Será que o peso da camisa é uma tendência? Perdemos para o Flamengo num gol igual ao nosso lance. Para o Flamengo valeu,para a Ponte não. Eu não consigo entender", finalizou Bueno.