Com formação alternativa, Santa Cruz encara Vitória da Conquista pela Copa do Brasil

Técnico coral Milton Mendes resolveu poupar os titulares campeões do Pernambucano e do Nordestão, enquanto o Bode vai com força máxima para a disputa

Com formação alternativa, Santa Cruz encara Vitória da Conquista pela Copa do Brasil
(Foto: Antônio Melcop/Santa Cruz)
Vitória da Conquista
Santa Cruz
Vitória da Conquista: Carlos Roberto; Artur, Sílvio, Leandro Cardoso, Tiaguinho; Edimar, Maicon, Diego Aragão, Kleber; Tatu, Zé Paulo. Técnico: Sérgio Araújo
Santa Cruz: Edson Kolln; Lucas Ramón, Alemão (Lucas Gomes), Walter Guimarães, Marcílio; Wellington Cézar, Dedé, Daniel Costa, Léo Moura, Wallyson; Bruno Moraes. Técnico: Milton Mendes
ÁRBITRO: Eduardo de Santana Nunes (SE). Assistentes: Vaneide Vieira de Goes (SE), Ailton Farias da Silva (SE).
INCIDENCIAS: Partida válida pelos jogos de ida da segunda fase da Copa do Brasil 2016, a ser realizada no Estádio Lomanto Junior, em Vitória da Conquista/BA.

A torcida do Santa Cruz ainda comemora os dois títulos conquistados nos dois últimos finais de semana, mas os atletas ainda terão muito trabalho pela frente. O Tricolor encara nesta quarta-feira (11) às 21h45 pelos jogos de ida da segunda fase da Copa do Brasil 2016 o Vitória da Conquista, que joga contra os tricolores para permanecer vivo na única competição que lhe resta em 2016. O embate será realizado no estádio Lomanto Junior, em Vitória da Conquista.

O Bode fez boa campanha na Copa do Nordeste, tendo sido eliminado pelo Ceará na última rodada da primeira fase, e conseguiu de forma heroica a classificação para a segunda fase da competição nacional ao empatar com o Náutico em plena Arena Pernambuco. Mas a péssima campanha no Campeonato Baiano, no qual conseguiu apenas a nona colocação, fez com que os conquistenses não conseguissem a classificação para a Série D do Campeonato Brasileiro.

Já a Cobra Coral vive o dilema de avançar de fase na Copa do Brasil e perder a vaga na Copa Sul-Americana, conquistada com o título do Nordestão. Caso o Tricolor elimine o Conquista na segunda fase e passe pelo vencedor do confronto entre CRB e Vasco na terceira fase, terá que adiar por no mínimo um ano sua primeira participação oficial em uma competição sul-americana.

Bode com força máxima para salvar o ano

A situação do Vitória da Conquista não está nada agradável após a péssima campanha no campeonato estadual. A não-classificação para a Série D significa o segundo semestre inteiro parado para o alviverde do sudoeste baiano caso não avance para as próximas fases da Copa do Brasil. Tanto que o presidente Ederlane Amorim havia assinado contratos com os atletas do clube apenas até o final do Baianão, o que provocou um problema para as partidas contra o Tricolor.

"Tínhamos feito contrato ate o final do baiano com os jogadores, pois não queríamos correr o risco de fazermos contrato de um ano e ficarmos com vínculo empregatício com os atletas e não termos calendário. Então, fizemos um aditivo de contrato com 80% do elenco até o jogo segundo jogo contra o Santa Cruz", explicou Ederlane, garantindo que o elenco estará completo para buscar a classificação contra os corais.

Dentro de campo o técnico Sérgio Araújo definiu durante o coletivo realizado no Lomantão, palco da partida, na tarde desta terça-feira (10) os onze titulares que vão enfrentar o Santa Cruz. O time terá apenas uma mudança em relação ao que entrou em campo contra o Náutico na Arena Pernambuco: o meia Diego Aragão deverá entrar no lugar do também meia Dimas.

Titulares de folga no Tricolor

O técnico Milton Mendes optou por dar um descanso aos atletas corais que vinham jogando seguidamente às quartas-feiras e aos domingos pelas três competições que o Santa Cruz vinha disputando nos primeiros meses do ano. Após a conquista dos principais objetivos do primeiro semestre, os atletas da equipe considerada titular ficaram na capital pernambucana se recuperando fisicamente visando a estreia no Campeonato Brasileiro da Série A.

Além dos titulares que começaram a final contra o Sport no último domingo (8), também vão ficar de fora da partida o lateral-esquerdo Allan Vieira e o zagueiro Leonardo, que se recuperam de uma virose e foram vetados pelo Departamento Médico tricolor. Os meias Leandrinho e João Paulo continuam lesionados e deverão ficar de fora até mesmo da partida contra o Vitória/BA no próximo domingo (15) pelo Brasileirão.

O zagueiro Alemão acabou passando mal durante o treinamento tático realizado na última terça-feira (10) e poderá dar lugar ao volante Lucas Gomes, que atuou improvisado na zaga nesta última movimentação. Alemão viajou com a delegação, mas sua situação só será definida momentos antes da partida. O Tricolor deverá entrar em campo com Edson Kolln, Lucas Ramón, Alemão (Lucas Gomes), Walter Guimarães e Marcílio; Wellington Cézar, Dedé, Daniel Costa, Léo Moura e Wallyson; Bruno Moraes.