Fernando Gabriel é apresentado e aposta em boa relação com Milton Mendes para ganhar espaço

Desde o fim de abril no Arruda, meia afirma que pretende aproveitar conhecimento do treinador coral para conquistar titularidade

Fernando Gabriel é apresentado e aposta em boa relação com Milton Mendes para ganhar espaço
(Foto: Divulgação/Santa Cruz)

Após chegar, a contratação ser oficializada e o nome aparecer no Boletim Informativo Diário da Confederação Brasileira de Futebol (BID/CBF), o meia Fernando Gabriel foi apresentado como jogador do Santa Cruz. O evento aconteceu nesta quinta-feira (12), e o atleta concedeu sua primeira entrevista coletiva como jogador coral. Fernando Gabriel chegou no dia 28 de abril e observou as conquistas recentes do Tricolor do Arruda (Campeonato Pernambucano e Copa do Nordeste) e mostrou disposição em fazer parte do elenco

"Eu conheci Milton Mendes quando ele assumiu o Paraná Clube. Ele era desconhecido no Brasil e, se não me engano, era o primeiro clube dele no Brasil. A característica do Milton é a mesma desde que ele chegou. Um cara sorridente, trabalhador e que quer implementar o seu trabalho. No início, eu era reserva e não jogava tanto. Sempre respeitando o trabalho dele, que quis sempre implantar esse sistema europeu. Depois comecei a jogar com ele e me tornei homem de confiança lá", afirmou.

A chegada ao Tricolor do Arruda foi um convite irrecusável para o jogador, que afirma unir o útil ao agradável ao estar no Santa Cruz: voltar a jogar em um clube que disputa a Série A do Campeonato Brasileiro e ser comandado por Milton Mendes.

"Quando voltei para a Ferroviária e recebi o contato dele, não pensei duas vezes. Primeiro, por ele estar aqui e depois porque era o Santa Cruz. Agradeço muito ao Santa Cruz pela oportunidade e com certeza encaro como o grande desafio da minha carreira. Joguei Série A uma vez só e vinha trabalhando para esta oportunidade. Venho com muita vontade de trabalhar e ser vencedor. Venho muito feliz e espero conquistar muitas coisas com a camisa do Santa Cruz", disse.

Ao apontar suas principais características dentro do gramado, Fernando Gabriel destacou como bom cobrador de faltas, além do passe, movimentação e finalização. Regularizado, a última vez que o meia entrou em campo foi há um mês, quando a Ferroviária eliminou o Salgueiro na primeira fase da Copa do Brasil. Curiosamente, o gol que classificou o time paulista foi marcado por Fernando Gabriel.

"Eu sou aquele meia camisa 10. Gosto de circular bastante, me movimentar. Incorporei algumas coisas ao meu estilo. Correr mais, marcar mais, porque o futebol de hoje precisa muito disso. Não sou aquele meia que fica parado. Gosto de buscar o jogo. Eu estou aqui desde o dia 28 de abril, já com minha família e vinha acompanhando o trabalho. Ele (Milton Mendes) só evoluiu. Não senti muita diferença. Já sei tudo o que ele quer em campo. Isso facilita até para se ele precisar de mim. Vinha treinando todos os dias e me sinto preparado sim. Estou à disposição e jogo 90, 120 minutos, o que ele precisar de mim", concluiu.

Como já está apto para jogar, Fernando Gabriel pode ser utilizado pelo treinador Milton Mendes neste domingo (15), às 11 da manhã, quando o Santa Cruz enfrenta o Vitória, no retorno das duas equipes à Série A do Campeonato Brasileiro. O tradicional duelo nordestino será disputado no Estádio José do Rego Maciel, o Arruda, no Recife.