Grafite demonstra interesse em renovar contrato: "Pretendo permanecer no Arruda"

Após atuação de gala, camisa 23 coral comemora boa atuação, reclama do calor e garante proximidade do acerto com Tricolor

Grafite demonstra interesse em renovar contrato: "Pretendo permanecer no Arruda"
Atacante aprova estreia no Campeonato Brasileiro 2016 pelo Mais Querido (Foto: Ney Gusmão/VAVEL Brasil)

O atacante Grafite foi o principal nome da vitória maiúscula do Santa Cruz sobre o Vitória na manhã deste domingo (15), no estádio do Arruda, em Recife. Autor dos dois primeiros gols da partida, que terminou 4 a 1 a favor dos corais, o centroavante está com o contrato próximo do fim, mas mostra interesse em seguir na equipe até o fim do próximo ano.

"A Série A é uma vitrine não somente para o Brasil, mas para o mundo. Houveram algumas sondagens de alguns clubes, mas eu estou com a mentalidade focada no Santa Cruz. Tive uma conversa essa semana com o Alírio e praticamente acertamos tudo, falta assinar o contrato. Pretendo permanecer no Arruda até o final do ano que vem. Dei minha palavra ao presidente e, para mim, isso vale mais que qualquer outra coisa", garantiu, falando também sobre a importância do resultado positivo em casa, marcado pelo retorno do Mais Querido à elite do futebol nacional.

"O jogo de hoje foi bonito, foi bem jogado, mas o placar não mostra o que foi a partida. Foi difícil, tanto pelo adversário quanto pelo calor. Mas foi mais um domingo de felicidade pro torcedor tricolor, um domingo de festa como tem sido os últimos. Uma estreia como essa na Série A é motivo de orgulho. Mas temos que manter os pés no chão, temos que melhorar algumas coisas nas próximas partidas", afirmou.

A principal queixa do camisa 23 foi quanto ao forte calor, durante a partida realizada às 11h. O goleador tricolor na temporada, com dez tentos marcados, espera que haja revisão da CBF para uma mudança no horário, apontado como desumano para todo o grupo, dizendo ter sentido até cãibra em campo.

"Jogar às 11 da manhã é desumano e nós sentimos muito o calor, principalmente no primeiro tempo. Sabemos que no Nordeste, mesmo nessa época do ano, é muito quente. Espero que a CBF reveja esses jogos nesse horário, pois não é fácil, principalmente para mim, que tenho uma idade avançada. Tive até cãibras no segundo tempo, mas o importante é que conseguimos a vitória", desabafou.

O primeiro gol do atleta foi o grande destaque do duelo, com a jogada sendo descrita por ele mesmo. Grafite lembra, como comparação, o gol que ele fez contra o Bayern, em lance semelhante (relembre aqui) e que fez o Wolfsburg - seu clube à época - assumir a liderança e ficar mais próximo do único título da história na primeira divisão alemã, em 2008/09.

"Eu lembro bem da jogada. Recebi do Uillian, consegui passar por dois, driblei o Victor Ramos e finalizei, mas é tudo muito rápido, eu não vi o lance. Os jogadores no vestiário falaram que foi um gol muito bonito. Fico feliz por isso, foi um gol que nos deu tranquilidade no jogo e foi um dos mais bonitos da minha carreira. O que fiz contra o Bayern foi inesquecível, mas esse com certeza briga pela segunda posição nesse quesito", encerrou.

Com o resultado, os pernambucanos ficam provisoriamente na vice-liderança, somando três pontos e à frente dos adversários de mesma pontuação devido ao saldo mais positivo. No próximo fim de semana, vão até Volta Redonda enfrentar o Fluminense no Raulino de Oliveira no sábado (21), às 18h30, pela 2ª rodada.