Milton Mendes confirma estreia de Bolaño e define Santa Cruz para jogo contra Cruzeiro

Treinador coral define equatoriano no time titular para vaga de Wellington Cézar, vetado com desconforto no joelho

Milton Mendes confirma estreia de Bolaño e define Santa Cruz para jogo contra Cruzeiro
Meio-campista de 31 anos terá a oportunidade de fazer primeiro jogo pelo Mais Querido já entre os 11 (Foto: Antônio Melcop/Santa Cruz)

Um dos únicos times que ainda não foram derrotados nessa Série A, o Santa Cruz já está pronto para mais um compromisso. Em trabalho realizado nesta terça-feira (24), no Arruda, o técnico Milton Mendes definiu a equipe titular que vai a campo na noite dessa quarta-feira (25), contra o Cruzeiro, pela 3ª rodada.

Sem poder contar com o jovem volante Wellington Cézar, vetado com um desconforto no joelho direito, o comandante tricolor definiu que o equatoriano Álex Bolaño será o titular na cabeça de área. Ausente na partida com o Fluminense, no último final de semana, o lateral-direito Vitor permanece de fora, ainda com contusão na posterior da coxa esquerda, sendo substituído pelo experiente Léo Moura.

Os meia-atacantes João Paulo e Leandrinho, que ocupavam um setor mais recuado, voltaram aos treinos nessa segunda-feira (23), mas não serão relacionados por preservação. De resto, os atletas corais serão mantidos, com Tiago Cardoso sendo soberano no gol, Néris e Danny Morais formando a dupla de zaga e Tiago Costa na lateral-esquerda.

No meio-campo da Cobra Coral, o estreante tem como companheiros Uillian Correia, mais marcador, e Fernando Gabriel, responsável pela armação. No ataque, Arthur e Keno ficam mais abertos pelas pontas, apostando na velocidade, enquanto o artilheiro Grafite se estabelece na referência.

Já com os 11 iniciais definidos para o confronto com a Raposa, Milton exaltou a importância da presença da torcida. Mendes destacou que o incentivo vindo das arquibancadas é fundamental para fazer bons resultados e comparou os torcedores do escrete pernambucano com os do Atlético-PR, sua última passagem pelo Brasil.

"Além da torcida ser o 12º jogador, ela funciona como um combustível de um carro, uma água que a gente bebe todo dia. Sempre falei isso no Atlético-PR, que tem torcida tão apaixonada quanto a do Santa. São extraordinárias. Quanto mais torcedores, ficamos cada vez mais fortes e seguros no que estamos fazendo", enalteceu.

Sem mistério, o Mais Querido está definido e vai ao encontro diante dos celestes com: Tiago Cardoso; Léo Moura, Néris, Danny Morais e Tiago Costa; Uillian Correia, Alex Bolaño e Fernando Gabriel; Arthur, Grafite e Keno.