Milton Mendes reconhece falhas do Santa Cruz: "Precisamos melhorar em alguns pontos"

Para o técnico coral, Sport foi superior e mereceu a vitória que acabou com a invencibilidade do Tricolor

Milton Mendes reconhece falhas do Santa Cruz: "Precisamos melhorar em alguns pontos"
(Foto: Ney Gusmão/VAVEL Brasil)

Pela primeira vez desde que chegou ao comando do Santa Cruz o técnico Milton Mendes concedeu entrevista coletiva após uma derrota da equipe. O responsável por acabar com a invencibilidade santacruzense foi o rival Sport, que venceu pelo placar mínimo mais uma edição do Clássico das Multidões, realizado na noite desta quarta-feira (1) pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro 2016 no Estádio do Arruda. Para Milton, não faltou vontade dos atletas corais mas o Rubro-Negro se mostrou melhor na partida.

"Sabíamos de antemão que não seria um jogo fácil. A equipe do Sport é bem treinada, e demonstrou isso hoje. Sabíamos que teríamos muita dificuldade. Chegaria um dia em que iríamos perder, e perdemos hoje. Isso serve para mostrar que não somos imbatíveis, e precisamos melhorar em alguns pontos. O que aconteceu foi que a equipe do Sport foi melhor que a nossa em muitos momentos do jogo. Tentamos, arriscamos, mas o Sport saiu vencedor", afirmou Milton.

O treinador eximiu os jogadores da responsabilidade pela derrota. "A responsabilidade dessa derrota é totalmente minha. Eu a assumo por completo. Os jogadores estão de parabéns. Eles trabalharam, lutaram muito. Não existiu salto alto. Perdemos para uma equipe valiosíssima. Respeitamos o adversário, e infelizmente perdemos. Eu detesto perder, mas admito quando o adversário é melhor. E foi o que aconteceu", completou.

Sobre o esquema tático do adversário, o comandante coral deixou transparecer que foi facilitado pelo gol nos primeiros minutos. "No primeiro tempo o Edmilson ficava em cima dos nossos zagueiros e o Diego (Souza) recebia a bola sozinho. Tentamos fazer uma marcação nele centralizando o Uilian, mas depois ele começou a cair pelos lados e nos dificultou bastante. Já sabíamos como a equipe deles jogava, mas eles fizeram um gol no início da partida e depois administraram. Voltaram para o segundo tempo com as linhas baixas, e nós tentando construir, arriscando. Tivemos um jogador expulso, o que dificultou ainda mais", lamentou.

Ao ser perguntado sobre o peso de uma derrota em um clássico, Milton foi categórico. "Os pontos são valorizados em termos de campeonato. Sei que o clássico valoriza a rivalidade. Mas não se ganha ou se perde seis pontos num clássico. É um jogo igual a qualquer outro. Para o torcedor é diferente, mas eu não vejo uma diferença muito grande. Lógico que queríamos ver nosso torcedor feliz, fizemos o possível para isso, mas não conseguimos. Hoje não era nosso dia", ressaltou o treinador.

O próximo compromisso do Tricolor do Arruda será longe dos seus domínios. No próximo sábado (4) encara o Atlético-PR, clube que projetou Milton Mendes no futebol brasileiro, na Arena da Baixada, em Curitiba. Com a derrota para o Sport e os resultados desta quarta-feira (1), o Santa Cruz agora ocupa a quinta colocação com oito pontos ganhos.