Santa Cruz anuncia zagueiro Luan Peres e volante Derley para disputa do Brasileirão

Defensor estava atuando na Portuguesa, onde foi revelado, enquanto o cabeça de área teve passagem pelo futebol mexicano antes do Mais Querido

Santa Cruz anuncia zagueiro Luan Peres e volante Derley para disputa do Brasileirão
Considerado promessa da Lusa, Luan era o capitão da equipe na atual edição da Série C (Foto: Antônio Melcop/Santa Cruz)

Vendo a necessidade de se reforçar para a sequência do Campeonato Brasileiro 2016, a diretoria do Santa Cruz oficializou a contratação de mais dois jogadores na tarde desta terça-feira (21), ambos do setor defensivo. Um é o zagueiro Luan Peres, que foi revelado e estava na Portuguesa disputando a Série C, sendo o capitão, contudo rescindiu o contrato após falta de pagamentos dos direitos básicos.

De acordo com o jovem, não foram pagos os direitos de imagem, no valor de R$ 3.200 mensais, entre outubro de 2015 e abril de 2016, tal qual o salário de março e abril deste ano, no valor de R$ 4.800. Além disso, também não recebeu as cifras do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo por Serviço), 13º salários e férias. Somados todos os débitos, incluindo multas por atrasos nos pagamentos, o total da ação chega a R$265.248,56, mas o com os paulistas iria até junho de 2018

Já o outro conhece bem o futebol pernambucano. É o volante Derley, que acumula boa passagem pelo arquirrival Náutico, mas defendeu o Juaréz-MEX antes de chegar ao Mais Querido. Além do Timbu e de ter passado pelo México, o jogador de 29 anos apareceu para ser jogador pelo Internacional.

Tratado como boa promessa da Lusa, o defensor de 21 anos realizou os exames médicos necessários e assinou com a Cobra Coral. Agora, é opção na zaga coral junto a Danny Morais, Néris e Alemão, bem como Walter Guimarães, formado na categoria de base da Cobra Coral. Já o cabeça de área, por estar atuando no exterior, não tem vinda a Recife confirmada, podendo chegar na próxima quinta-feira (23) ou sexta-feira (24).

Por outro lado, o equatoriano Álex Bolaño está perto de concretizar a saída do clube. Segundo Bolaño, a falta de adaptação à equipe foi sua principal justificativa para não vestir mais a camisa tricolor. Nessa segunda-feira (20), Álex não treinou, sendo liberado pelos dirigentes. No meio-tempo que ficou no Arruda, foi titular em apenas dois jogos (contra Cruzeiro e Santos) e saiu do banco diante da Chapecoense. Ao todo, foram somente 113 minutos em campo.

Equatoriano do Santa pode estar de saída do clube (Foto: Antônio Melcop/Santa Cruz)
Equatoriano do Santa pode estar de saída do clube (Foto: Antônio Melcop/Santa Cruz)