Santa Cruz faz duelo direto com Ponte Preta buscando sair do Z-4

Com seis derrotas em sete jogos, Tricolor quer a reabilitação contra adversário direto, que tem o mesmo objetivo para se distanciar da briga para fugir do rebaixamento

Santa Cruz faz duelo direto com Ponte Preta buscando sair do Z-4
Léo Moura deverá ganhar vaga na lateral direita do Tricolor. Foto: Antonio Melcop/Santa Cruz Futebol Clube
Santa Cruz
Ponte Preta
Santa Cruz: Tiago Cardoso, Léo Moura, Allan Vieira (Luan Peres), Danny Morais, Roberto; Uillian Correia, João Paulo, Lelê (Leandrinho); Arthur, Keno, Grafite. Técnico: Milton Mendes.
Ponte Preta: João Carlos, Jeferson, Fábio Ferreira, Kadu, Reinaldo; João Vitor, Renê Júnior, Matheus Jesus; Pottker, Clayson, Felipe Azevedo. Técnico: Eduardo Baptista.
ÁRBITRO: Francisco Carlos do Nascimento (AL). Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL), Pedro Jorge Santos de Araújo (AL).
INCIDENCIAS: Partida válida pela décima terceira rodada do Campeonato Brasileiro 2016, a ser realizada no estádio do Arruda, em Recife-PE.

De líder a vice-lanterna em sete partidas. Essa sequência tenebrosa do Santa Cruz tem deixado o torcedor coral apreensivo. Foram seis derrotas e apenas uma vitória no período de um mês. Para se reabilitar e tentar espantar a má fase, o Tricolor encara a Ponte Preta, adversário que também vai mal na tabela do Campeonato Brasileiro 2016, nesta quinta-feira (30), às 19h30 no estádio do Arruda, pela 12ª rodada da competição.

O setor defensivo tem sido uma grande preocupação do técnico Milton Mendes devido aos resultados adversos dos últimos jogos. E contra a Ponte, Milton deverá ter um importante desfalque no miolo de zaga. Néris, considerado o zagueiro mais regular da equipe, sentiu a coxa direita e não enfrentará a Macaca. Alemão, seu substituto imediato, pediu dispensa da Cobra Coral e também não joga. O substituto de Néris é a principal dúvida de Milton para o embate.

Na Ponte, o técnico Eduardo Baptista deve repetir a escalação que empatou com o Vitória em 1 a 1, porém ainda não confirmou essa possibilidade. Eduardo, que trabalhou por muito tempo no maior rival tricolor, espera contar com o que aprendeu nessa experiência pelo futebol pernambucano para surpreender o adversário e conquistar os três pontos importantíssimos para o futuro da Macaca no Brasileirão.

Mudança na zaga e no meio campo

A lesão de Néris durante o treino da última segunda-feira (27) pegou o técnico Milton Mendes e a torcida tricolor de surpresa. A indefinição sobre o substituto do zagueiro é uma das dúvidas do treinador, que não divulgou a escalação para a partida contra o time campineiro. Uma das opções é improvisar o lateral-esquerdo Allan Vieira, que rendeu bem atuando na posição contra o Flamengo. Outra alternativa é lançar o recém-chegado Luan Peres, que treinou entre os reservas e já está regularizado.

A outra dúvida de Milton se encontra no setor de meio campo. O comandante santacruzense testou duas formações no coletivo da última terça-feira (28). Na primeira, João Paulo jogou mais recuado, com Lelê na armação. E na segunda, o camisa 10 jogou como terceiro homem, e Leandrinho atuou como segundo volante. Também existe a possibilidade de Marcílio vestir a camisa 8. Na lateral direita, Léo Moura está confirmado na titularidade ocupando a vaga de Vítor.

Milton aproveitou a última entrevista coletiva antes do confronto para convocar o torcedor a comparecer ao Arruda, ressaltando a importância de jogar em casa.

"O Arruda sempre foi um grande trunfo nosso. Temos que voltar a vencer em casa para subir na tabela de classificação e precisamos da nossa torcida que, como sempre disse, é o nosso combustível. O torcedor tem um papel fundamental nesse momento", ressaltou o técnico.

Cautela apesar da má fase do adversário

A Ponte Preta realizou todo o trabalho de preparação para o confronto contra o Santa Cruz na capital pernambucana. A delegação alvinegra se encontra na capital pernambucana desde a última segunda-feira (27). Treinando no Centro de Treinamento do Sport, clube no qual o técnico Eduardo Baptista trabalhou durante a temporada 2015, a Macaca deve vir sem nenhuma novidade em relação ao time que atuou contra o Vitória em Salvador.

Um dos trunfos de Eduardo e de alguns atletas como Felipe Azevedo, Roger e Reinaldo é ter atuado justamente no Sport, arqui-rival do Santa, e conhecer como o time e a torcida do Santa Cruz se comportam.

"A torcida do Santa Cruz quer um time sempre jogando para a frente, com a bola. A Ponte tem que se impor, tentar fazer seu jogo, marcar bem, neutralizar os principais pontos do adversário, tirar a posse de bola deles. Se conseguirmos fazer isso, levaremos vantagem", comentou Eduardo.

O atacante Wellington Paulista, que não atuou contra o Vitória devido a uma lesão no adutor da coxa, desfalca novamente a Macaca contra a Cobra Coral. A escalação da Ponte para enfrentar o Santa Cruz deverá contar com: João Carlos, Jeferson, Fábio Ferreira, Kadu e Reinaldo; João Vitor, Renê Júnior e Matheus Jesus; Pottker, Clayson e Felipe Azevedo.