Santa Cruz anuncia pacote de saídas após sequência negativa no Brasileirão

Destaque nas conquistas do primeiro semestre, meia Daniel Costa deixa equipe ao alegar proposta do futebol turco

Santa Cruz anuncia pacote de saídas após sequência negativa no Brasileirão
(Foto: Antônio Melcop/Santa Cruz)

Após a derrota sonora por 3 a 0, sofrida dentro de casa para a Ponte Preta na última quinta-feira (30), o Santa Cruz anunciou mudanças no elenco. Quatro jogadores não fazem mais parte do time coral para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série A. O zagueiro Alemão, o lateral-direito Lucas Ramon, o volante Álex Bolaño e o meia Daniel Costa estão fora da delegação tricolor. A informação foi confirmada no fim da manhã desta sexta-feira (1º), em seu site oficial.

Com isso, a debandada aumentou para 11 jogadores em um processo de reformulação que tem continuidade durante a disputa do principal torneio do futebol nacional. Antes, os zagueiros Leonardo e Everton Sena, o lateral-direito Nininho, além dos atacantes Ítalo Borges e Everaldo também saíram. No decorrer desta semana, Dedé foi emprestado ao América-RN, mas não compareceu aos treinos e foi devolvido pela diretoria potiguar. O meia Pedrinho Botelho também voltou ao clube após meteórica passagem no Londrina.

A saída mais sentida é a do meia Daniel Costa. Competente nos lances de bola parada, o jogador alegou proposta do futebol turco e pediu para deixar o Santa Cruz. O jogador não foi relacionado para disputar a última rodada do Campeonato Brasileiro. Daniel Costa foi importante principalmente no retorno à elite nacional após uma década. Foram 36 jogos disputados e sete gols marcados, todos em 2015, com participação no acesso à Série A e nos títulos do Campeonato Pernambucano e da Copa do Nordeste, conquistados no primeiro semestre. O atleta manifestou gratidão à oportunidade de jogar no Tricolor do Arruda e desejou sucesso ao clube.

"Quando surgiu a oportunidade, não pensei duas vezes em vir porque sabia da vitrine e do peso da camisa do Santa Cruz, da força da torcida. Foi uma passagem que marcou minha carreira e minha vida, sem sombra de dúvidas. Agradeço muito a todos. Junto com meus companheiros, acredito que fiz história aqui. Deixo meu agradecimento, também, aos torcedores. Nunca foi unanimidade, mas sei que a maioria me apoiou. Se estou tendo essa oportunidade de ir para a Europa, é por conta do Santa Cruz. Tenho certeza de que, no final do ano, vai ter mais alegria. Esse é um grupo forte, que está passando por uma turbulência, mas tenho certeza de que eles vão dar a volta por cima", disse o meia.

Em meio a todas as idas e vindas, o Santa Cruz precisa reagir na Série A. O Tricolor do Arruda ocupa a penúltima colocação, com 11 pontos ganhos e quatro derrotas consecutivas. O time volta a entrar em campo às 16 horas do próximo domingo (03) contra o Botafogo, no Estádio Mário Heleno, em Juiz de Fora/MG, pela 13ª rodada da Série A