Milton Mendes exalta melhora no nível técnico do Santa Cruz contra o Vasco

Para o treinador santacruzense, nomes criticados pela torcida e estreantes aproveitaram bem a chance de atuar como titulares

Milton Mendes exalta melhora no nível técnico do Santa Cruz contra o Vasco
Foto: Ney Gusmão/VAVEL Brasil

O resultado da partida poderia ter sido melhor para o Santa Cruz. Mas nem mesmo o gol tomado aos 47 minutos do segundo tempo na partida contra o Vasco da Gama, na noite desta quarta-feira (13) pela terceira fase da Copa do Brasil, desanimou o técnico Milton Mendes, que saiu feliz com o resultado conquistado fora de casa. Agora o Tricolor precisa apenas de uma vitória simples ou de um empate sem gols na próxima quarta-feira (20) no Arruda para avançar na competição.

"Se perguntassem antes do jogo se ficaríamos felizes com um empate em 1 a 1 contra o Vasco em São Januário, diríamos que sim. Então estamos felizes com o resultado", disparou Milton logo no início da coletiva, adiantando como seria a tônica da entrevista. Bem-humorado, ao contrário do último domingo (11) quando foi bem ríspido com a imprensa, o comandante coral aproveitou para elogiar alguns atletas que vinham sendo alvo de críticas dos torcedores.

"Jogar fora de casa às vezes ajuda para recuperar alguns jogadores. O Leandrinho, por exemplo, estava com uma imagem negativa perante o torcedor mas atuou muito bem hoje. O Lelê, idem. Além dos jogadores novos, como o Wellington e o Derley. O Wellington eu já conhecia, e sei do potencial dele", afirmou o treinador.

Outro atleta bastante exaltado foi o meia Marcílio, prata-da-casa que vem sendo acionado e tem correspondido. "Quando o jogador demonstra qualidade, pode ser juvenil, pode ser sub-20, pode ser craque renomado. Se mostrar qualidade eu vou colocar na equipe. Eu quero ver o bem do Santa Cruz. Eu quero que o Santa Cruz vença. A oportunidade para o Marcílio surgiu, e ele aproveitou. Estou muito feliz por ele e pelos que estão chegando e jogaram bem", comemorou.

O fator psicológico, sempre citado por Milton, foi mais uma vez lembrado após o bom resultado contra a equipe cruzmaltina. "Quando se joga bem mas não se ganha, você continua tendo confiança mas não tanto. Jogando bem e ganhando, melhor ainda, como foi contra o Internacional. Já contra o Palmeiras, Corinthians e outros jogos, não ganhamos. Assim como vencemos o Figueirense sem jogar bem, mas os três pontos foram conquistados e ninguém vai lembrar que jogamos mal. O importante é ganhar e somar pontos", concluiu Mendes.