Sem Néris, Milton Mendes não revela escalação do Santa Cruz para duelo contra Atlético-MG

Zagueiro segue em tratamento e não foi liberado pelo departamento médico para enfrentar o Galo no próximo fim de semana

Sem Néris, Milton Mendes não revela escalação do Santa Cruz para duelo contra Atlético-MG
Com a ausência do zagueiro titular, Santa Cruz busca reabilitação na Série A (Foto: Antônio Melcop)

No intervalo da partida contra o Vasco da Gama, válida pela Copa do Brasil, o zagueiro Néris sentiu e um exame de imagem constatou lesão de grau um no músculo posterior da coxa direita, ficando de fora da derrota em casa para o Coritiba, pela 16ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Na manhã de hoje, foi confirmada a ausência do jogador, que segue vetado pelo departamento médico e não enfrenta o Atlético-MG no sábado (30). Considerado um dos pilares da defesa Tricolor no campeonato, Néris não seguirá com o elenco para Belo Horizonte-MG.

O Santa Cruz é o 16º colocado, com a mesma pontuação dos dois primeiros times na zona de rebaixamento (Botafogo e Figueirense, com 11 pontos) e precisa voltar a pontuar para se afastar da parte de baixo da tabela. No sábado (30) enfrenta o Atlético Mineiro, que ocupa a sétima colocação com 26 pontos, no Estádio Independência, às 21h.

O treinador Milton Mendes não revelou a escalação do time, mas o provável substituto de Néris será novamente Wellington Silva. O zagueiro foi titular contra o Coritiba na vaga do próprio Néris e, caso aconteça, será sua terceira partida como titular no Santa Cruz.

Wellington foi muito bem quando acionado. Walter vem bem nos treinamentos e Luan Peres retornou. Ainda vou definir 100%, mas tenho uma equipe alinhada”, explicou Milton Mendes.

Néris está em transição e deverá voltar a atuar na partida contra o Grêmio. Para sábado, o atacante Marion sentiu o joelho e também está de fora e o meia João Paulo, suspenso, poderá ser substituído por Danilo Pires, Marcinho ou Jadson – este é o mais provável.

O Santa Cruz deverá ir à campo com Tiago Cardoso; Léo Moura, Wellington Silva, Danny Morais e Tiago Costa; Uillian Correia, Jadson e Danilo Pires; Arthur, Keno e Grafite.