Em fases distintas no Brasileirão, Santa Cruz e Sport fazem clássico na Sul-Americana

Ocupando posições opostas na classificação, arquirrivais medem forças pela primeira vez na Arena de Pernambuco

Em fases distintas no Brasileirão, Santa Cruz e Sport fazem clássico na Sul-Americana
Foto: Ney Gusmão/Vavel Pernambuco
Santa Cruz
Sport
Santa Cruz: Tiago Cardoso; Léo Moura, Luan Peres (Wellington), Danny Morais e Allan Vieira; Uillian Correia, Derley, João Paulo, Pisano e Keno; Grafite. Técnico: Doriva
Sport: Magrão; Apodi, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves e Rodney Wallace; Serginho, Rithely, Reinaldo Lenis, Gabriel Xavier e Rogério; Ruiz. Técnico:
ÁRBITRO: Julio Bascuñan (CHI)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 2ª fase da Copa Sul-Americana 2016, a ser realizada na Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata

Pela primeira vez em toda a história, o Santa Cruz participará de um campeonato internacional e, nesta quarta-feira (24), vai ter a chance de estrear. Pela segunda fase da Copa Sul-Americana 2016, o tricolor encara logo de cara seu arquirrival Sport, em partida a ser realizada na Arena de Pernambuco, às 21h45, válida pela ida.

O mando de campo é do Mais Querido, que ocupa a 19ª colocação no Brasileirão, com 19 pontos ganhos, à frente somente do América-MG, que tem apenas 13 pontos. Na última rodada, os corais foram batidos pelo Fluminense por 1 a 0, com gol marcado pelo atacante Henrique Dourado.

Já o Leão vive uma melhor fase no certame nacional, mesmo com a quebra da série invicta de seis embates, o Leão é o 12º colocado, com 26 pontos. Diante do Botafogo, no último sábado (20), os rubro-negros viram Sassá em noite inspirada e Magrão mal, sendo derrotados por 3 a 0, com dois do atacante botafoguense.

A arbitragem do confronto histórico entre os pernambucanos será de um trio chileno. Julio Bascuñan, que é do quadro da Fifa, apita o jogo. Ele, que tem a experiência de participar da Copa América Centenario a favor, tem como auxiliares Marcelo Barraza e Christian Schiemann, ambos do quadro internacional.

Doriva indica time titular, mas não confirma equipe

Vivendo uma situação complicada na Série A, o Santa Cruz ocupa, no momento, a 19ª colocação com somente 19 pontos após a 21ª rodada. Não se sabe se o treinador Doriva irá priorizar a Copa Sul-Americana ou a recuperação do time no nacional, porém deu pistas que a equipe diante do Sport deve ser a titular.

Para o jogo com o Leão, o comandante confirmou a ausência de Tiago Costa, vetado por uma lesão no tornozelo esquerdo, mas afirmou que a ideia é ir à partida com um grupo forte. A única dúvida, entretanto, é na zaga. Luan Peres, que ainda não conseguiu manter regularidade, deve ser sacado para a entrada de Wellington.

Para o primeiro Clássico das Multidões a ser disputado na Arena de Pernambuco, o técnico tricolor prega uma postura mais cautelosa. O ex-jogador dos rubro-negros - teve uma passagem apagada em 2005 - sabe que os confrontos podem servir para testar as peças, já que está há pouco tempo na Cobra Coral e visa dar o máximo de qualidade ao plantel.

"Temos que ser cautelosos e não poderemos tomar gols. As regras da competição são diferentes e teremos que ter a cautela necessária para entrar no segundo jogo com melhores condições. Tem momentos que a gente precisa aproveitar as situações para dar oportunidades e fazer alterações, ver atletas que estão pleiteando isso no treinamento. Ainda não sei se farei isso agora, mas provavelmente na volta poderemos, de repente, fazer alguma alteração", disse.

Oswaldo sinaliza mudanças para jogo com Santa Cruz

Com apenas dois treinos após a derrota para o Botafogo, o Sport gira a página e foca na estreia na Copa Sul-Americana 2016, que será em partida contra o rival Santa Cruz, na noite dessa quarta-feira (24), na Arena de Pernambuco. Certo mesmo é que o Leão não vai poder ter o meia Diego Souza, ainda lesionado e com chances de atuar no fim de semana diante do Internacional, pela 22ª rodada do Brasileirão.

Mesmo com a ausência do camisa 87, o técnico Oswaldo de Oliveira fez treinamento fechado na tarde desta terça-feira (23) e decidiu por não confirmar o time que jogará o clássico com os corais. Insatisfeito com o rendimento da partida diante do Fogão, Oswaldo sinalizou que faria alterações na equipe, mas sem confirmar quais.

Uma outra certeza é a volta de Rodney Wallace à lateral-esquerda, já que estava cumprindo suspensão e foi substituído por Renê. A baixa produtividade no confronto contra a Estrela Solitária pode fazer com que Samuel Xavier, Paulo Roberto, Everton Felipe e Edmilson percam um espaço entre os 11, devendo ser substituídos por Apodi, Serginho, Reinaldo Lenis e Ruiz, respectivamente.

"Jogaremos uma competição diferente e teremos um clássico. Isso para nós tem um peso muito grande e é muito importante. Por isso, terei que pensar bem em quem está com condições. Tenho algumas dúvidas por causa do índice técnico e das condições do último jogo e estou levando isso em consideração", declarou Oliveira.