Doriva admite iminência na reação do Santa Cruz: ''Primeiro precisamos entrar no competição''

Recém classificado na Copa Sul-Americana, a próxima missão do Tricolor é voltar a vencer no Brasileirão

Doriva admite iminência na reação do Santa Cruz: ''Primeiro precisamos entrar no competição''
(Foto: Antonio Melcop/Santa Cruz)

Há sete rodadas sem vencer no Campeonato Brasileiro, Doriva não divulga escalação, mas aponta mudanças no time do Santa Cruz. O tricolor volta a campo pela 23ª rodada na próxima quarta-feira (7), às 16h, contra a Chapecoense na Arena de Pernambuco.

Segundo o treinador, não há mais margem para erro. “Precisamos reagir, isso é evidente, e a gente sabe que não da mais para esperar. Chegou no limite, a gente tem que buscar esses pontos o mais rápido possível”, disse.

Para a partida, o Santa Cruz deverá já tem duas mudanças confirmadas. Keno e Derley, suspensos, deverão ser substituídos respectivamente por Arthur e Jadson.

''A ideia que eu tenho é de não mudar muito. Temos duas alterações óbvias, que são as saídas de Derley e Keno. E vou colocar quem eu acho adequado para esta posição. Realmente a gente vai sentir a falta de Keno. Ele está muito bem, mas contamos com outros atletas que podem render bem e já fizeram isso. Já sabemos que o substituto está preparado para manter o mesmo nível.''

O provável time do Santa Cruz será: Tiago Cardoso; Léo Moura, Luan Peres, Danny Morais e Allan Vieira; Uillian Correia, Jadson e João Paulo; Pisano, Arthur e Grafite.

Santa Cruz próximo de acerto com lateral direito argentino Gabriel Vallés

O jogador já está sem vínculo com o Club Atlético Juventud Unid Universitario, time da terceira divisão da Argentina, portanto, está apto para assinar com a equipe pernambucana nos próximos dias e deve permanecer até o fim da temporada. Acompanhado por Pisano, o lateral conheceu a Arena de Pernambuco e já participou da movimentação com a equipe na manhã de hoje.

Vallés tem passagem em outros dois clubes argentinos, o Godoy Cruz de 2008 a 2010 e Independiente de 2009 a 2015. No seu último clube, Juventud Unid Universitario, foi titular em dez das 12 partidas que disputou na temporada. A diretoria Coral só falará sobre o atleta após a oficialização do acordo, mas Doriva explicou a escolha do atleta.

"Chegou o material para gente, nós observamos, achamos interessante e optamos por trazer. É um jogador versátil, tem experiência. Que já jogou em um nível muito alto na Argentina e com certeza vai nos ajudar. O momento é importante. Temos alguns atletas machucados, então ele vai ter uma sequência de jogos", encerrou.