Doriva exalta pontos positivos do Santa Cruz mesmo após empate

Mesmo precisando vencer, treinador já percebeu evolução no jogo e no poder de reação da equipe

Doriva exalta pontos positivos do Santa Cruz mesmo após empate
Próximo confronto do Tricolor é na Ilha do Retiro, contra o Sport (Foto: Ney Gusmão/ Vavel PE)

O Santa Cruz saiu perdendo, conseguiu o empate e até virou a partida com um a menos, mas, no fim da partida, a Chapecoense empatou de pênalti, na tarde desta quarta-feira (7), pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe Catarinense caiu uma posição na tabela, enquanto os Tricolores aumentaram o jejum, agora são oito partidas sem vencer.

O treinador Doriva lamentou o empate, mas preferiu apontar os pontos positivos no poder de reação da equipe, que buscou o empate e conseguiu a virada após a expulsão do zagueiro Luan Peres.

“Fica um gosto amargo, mas precisamos erguer a cabeça. A vitória não veio, mas a equipe fez um grande jogo. Acho que é o momento de observar as coisas boas que fizemos. Começamos bem, pressionando”, analisou.

Doriva também lembrou que essa evolução é importante para a reação da equipe, que enfrentará o seu rival Sport, pelo oitavo Clássico das Multidões de 2016 – foram duas vitórias pra cada lado e três empates.

"Temos um clássico pela frente. Temos de nos motivar, nos preparar e aproveitar mais esses dois jogos que temos no Recife para evoluirmos. Enquanto tiver margem, vamos procurar progredir", comentou.

Mesmo reconhecendo que as ausências do atacante Keno e do volante Derley foram sentidas, Doriva afirmou que Arthur e Jadson foram bons substitutos. O técnico também aproveitou para elogiar os autores dos gols – Arthur e Bruno Moraes –, e a torcida, que compareceu em bom número.

- "Arthur entrou muito bem e Jadson fez uma boa partida. Nosso elenco não é grande e, quando a gente perde os atletas por cartão ou lesão, sempre fazem falta. Infelizmente não pudemos coroar nosso torcedor com a vitória, mas precisamos continuar acreditando". encerrou.