Luverdense só empata com Santa Cruz e permanece na zona de rebaixamento

Sérgio Motta brilha, faz dois gols e coloca time da casa em vantagem, mas Bruno Silva garante empate no fim do jogo

Luverdense só empata com Santa Cruz e permanece na zona de rebaixamento
Santa Cruz garantiu o empate aos 43 minutos do segundo tempo (Foto: Leonardo Heitor/Luverdense)
Luverdense
2 2
Santa Cruz
Luverdense: Diogo Silva;Aderlan, Pablo, William e Paulinho;Ricardo, Moacir (Kazu) e Sérgio Mota;Rafael Silva, Eduardo (Douglas Baggio) e Léo Cereja (Rafael Ratão).
Santa Cruz: Júlio César; Gabriel Vallés, Jaime, Bruno Silva e Tiago Costa; Wellington Cézar, Derley e João Paulo; Augusto (Facundo Parra), William Barbio e Ricardo Bueno (Júlio Sheik).
Placar: Luverdense-MT: Sérgio Mota 8' 1T, Sérgio Mota 13' 2T Santa Cruz-PE: Augusto 1' 2T, Bruno Silva 43' 2T
ÁRBITRO: Árbitro: Sávio Pereira Sampaio - DF Assistentes: Ciro Chaban Junqueira - DF e Leila Naiara Moreira da Cruz - DF

Jogando em Lucas do Rio Verde, o Luverdense recebeu o Santa Cruz pela 13ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O jogo foi bastante equilibrado e acabou 2 a 2. O time da casa ficou à frente do placar, mas viu o time pernambucano buscar o empate já no final da partida. Com o resultado, o Luverdense continua na zona de rebaixamento – 17ª posição – com 13 pontos, já o Santa Cruz é o nono colocado com 18 pontos.

Sérgio Mota brilha e deixa o Luverdense em vantagem

Jogando em casa para deixar o Z4, o Luverdense saiu para o ataque e não demorou para furar a retranca do time visitante.Aos oito minutos, Aderlan fez boa jogada pela direita e cruzou para Sérgio Mota, que apareceu sozinho, de cabeça, para fazer 1 a 0 para o time da casa.

Depois de sofrer o gol, o Santa Cruz foi para o ataque e aproveitou que o Luverdense diminuiu o ritmo. O time pernambucano, marcou duas vezes, mas teve os gols anulados.  Primeiro com Jaime, que aproveitou o rebote no chute de Augusto e marcou, mas estava impedido. Depois com Augusto, que recebeu lançamento e bateu forte, marcando um belo gol, também anulado por posição irregular.

Bruno Silva marca no fim e garante o empate

Depois do intervalo, o Santa Cruz voltou decidido a empatar e mostrou isso logo no primeiro minuto. Augusto recebeu passe de William Barbio e bateu sem chance para o goleiro, deixando tudo igual, 1 a 1.

Em desvantagem, o LEC saiu para o ataque e aos 13 minutos, Sérgio Motta arriscou de longe e marcou um belo gol contando com a ajuda do goleiro Júlio César, colocando novamente o time da casa em vantagem.

Depois de errar no segundo gol, o goleiro do Santa Cruz fez boa defesa e salvou em cima da linha o que seria o terceiro gol do time de Lucas do Rio Verde, quando Douglas Baggio acertou belo cabeceio.

Tentando o empate até o final, os comandados de Givanildo de Oliveira quase conseguiram o empate aos 40 minutos, com Halef Pitbull que acertou a trave. Três minutos depois, William cortou o chute de William Barbio com a mão e o juiz marcou pênalti. Na cobrança, Bruno Silva marcou e garantiu o empate em 2 a 2