Givanildo julga empate como justo, mas não comemora ponto conquistado

Com o placar zerado, corais encerram a rodada ocupando a 10ª posição, ficando assim distantes do G-4

Givanildo julga empate como justo, mas não comemora ponto conquistado
Treinador tricolor afirma, porém, que ponto somado no clássico não teve gosto de vitória (Foto: Rodrigo Baltar/Santa Cruz)

Náutico e Santa Cruz entraram em campo na tarde deste sábado (15), pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2017, na Arena de Pernambuco necessitando da vitória. Os alvirrubros por precisarem diminuir a distância para o primeiro fora da zona de rebaixamento, já os tricolores por estarem longe do G-4. O empate sem gols, contudo, acabou não sendo o esperado por nenhuma das duas equipes.

Apesar do ponto conquistado fora de casa, Givanildo Oliveira garante não comemorar o resultado. O comandante coral explicou a conta que faz para o acesso à elite e lamentou que o time não tenha conquistado a pontuação almejada nas últimas partidas, já que continuou afastado do grupo classificatório.

"Comemorar não dá porque foi empate. Agora, você sair e conseguir o empate como no jogo passado (2 a 2 com o Luverdense), é uma vitória, mas hoje não. Acho que foi um resultado bom para os dois? Acho que não. Tenho uma conta na Série B que, a cada 15 pontos, se você fizer 11, você sobe", declarou Giva, que reconheceu como justo o placar de 0 a 0.

Tricolores e alvirrubros fizeram jogo equilibrado na Arena de Pernambuco (Foto: Rodrigo Baltar/Santa Cruz)
Tricolores e alvirrubros fizeram jogo equilibrado na Arena de Pernambuco (Foto: Rodrigo Baltar/Santa Cruz)

"Como um todo, sim, já que na parte final tivemos um volume de jogo maior. É lógico que nossa melhor chance de gol foi com Augusto e eles tiveram uma cabeçada que Júlio foi buscar. Quando chega o clássico, é complicado, não tem isso de dizer que é favorito. É um confronto bem pegado, corrido e disputado", completou o técnico.

Vindo de dois empates fora de casa, o Santa volta a campo agora para encarar o Vila Nova e novamente na Arena de Pernambuco, mas agora como mandante. A partida acontece já nessa terça-feira (18), às 20h30, pela 15ª rodada da Segundona. O adversário do Mais Querido vem de derrota em casa para o Paysandu, saindo do G-4 para a 5ª posição.